boletos sem registros e com registros

Depois do pronunciamento feito em fevereiro de 2015 pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos), recomendando o fim dos boletos sem registros e registros sendo validados. A partir de junho pelos bancos, iniciou na internet uma discussão acalorada sobre esse assunto. Bem como sobre o uso apenas do boleto com registro poderia afetar as empresas.

E para te ajudar a entender melhor a respeito desse assunto. No post de hoje preparamos algumas dicas a fim de esclarecer o que são boletos sem registros e com registros. Além de como essa medida pode impactar as empresas. Acompanhe!

Leia também: Emissão de boletos sem registro encerra em dezembro

Mas afinal, o que é boleto com registro?

Nesse tipo de cobrança, todos os boletos que são emitidos precisam ser registrados no sistema do banco juntamente de todas as etapas de operação como o registro. A alteração e, caso houver, pedido de cancelamento do boleto, precisarão ser informados ao banco por meio de arquivo de remessa. Estando suscetíveis à cobrança de tarifas. Mesmo que o boleto não seja pago ou cancelado até a data estipulada, o banco poderá cobrar uma taxa de permanência.

Quem recebe as informações sobre esses boletos é o banco, que as repassa à empresa que emitiu os boletos. Caso o pagamento não seja feito, dependendo da modalidade de contrato realizado, o banco poderá enviar esse boleto (ou o título de crédito indicado no boleto) para protesto em cartório.

Entenda o que é boleto sem registro

Já no boleto sem registro, a empresa fica livre das etapas exigidas no modelo anterior. A própria empresa poderá fazer o acompanhamento dos boletos e, em geral, os bancos cobram tarifas apenas quando eles são pagos por meio da rede bancária. Isso significa que a empresa que emite o boleto terá total responsabilidade por ele.

Saiba como isso funciona na prática

Para empresas que trabalham com vendas online, especificamente, utilizam em maior escala o boleto sem registro. Pois nesse sistema, qualquer pessoa poderá fazer o pedido de emissão de boletos. E caso a pessoa desista da venda ou mesmo ocorra algum problema do sistema, a empresa não precisará pagar taxas ao banco.

Por esse motivo, a discussão sobre a extinção de boletos sem registro e com registros sendo validados. Tem sido tão comentada na internet.

O que dizem a Febraban e os bancos

Depois da notícia propagada na internet, a Febraban afirmou que esse pronunciamento foi apenas uma recomendação aos bancos e que ainda não há nada concreto. Os bancos, por sua vez, disseram que qualquer mudança no que diz respeito aos boletos serão anunciadas com antecedência. Por enquanto, é preciso aguardar para saber se essa medida irá ou não se tornar efetiva.

Agora que você já sabe as diferenças entre boletos sem registros e com registros. Escolha o sistema ideal para sua empresa e entenda também como gerar boletos de maneira prática e sem dores de cabeça.

Ainda tem alguma dúvida sobre boletos sem registros e com registros?

Então deixe o seu comentário e venha participar da conversa.

Posts Relacionados

Deixe um comentário