O Cloud Server Gerenciado, também conhecido como computação em nuvem, é tendência no mundo tecnológico – utilizando computadores compartilhados em rede para fornecer recursos.

Com o ERP online, é possível que todos os gerenciamentos e operações sejam realizados na nuvem. O ERP em Cloud é uma opção flexível e econômica para pequenas, médias e grandes empresas.

Cloud Server Gerenciado

Antes de falar do tema, é importante você entender o que é o Cloud Server Gerenciado. Resumindo, o Cloud Server Gerenciado é um servidor de alta disponibilidade sobre uma infraestrutura de alto desempenho, monitorado e gerenciado pelo provedor de hospedagem.

O gerenciamento de servidores em nuvem é um ambiente controlado por um terceiro, deixando seus dados seguros sem a necessidade de se preocupar com o servidor. Todos os serviços como monitoramento, suporte e backup são gerenciados pela empresa de hospedagem.

A otimização nesse ambiente é fundamental para o sistema ERP, pois o torna mais rápido e seguro. A escolha do ERP é um desafio que toda empresa precisa definir cedo ou tarde. E o sistema ERP em nuvem se torna cada vez mais popular.

Diferença entre ERP na nuvem e ERP local

A diferença é simples. No local, o ERP é instalado nos servidores da empresa e gerenciado por uma equipe de TI.

Já no ERP na nuvem, esse serviço é cobrado como um pacote de assinatura, sendo prestado todo suporte e gestão pelo provedor de hospedagem.  Nesse caso você não precisa se preocupar com a depreciação de equipamentos e nem com possíveis problemas físicos. Qualquer ocasião será de responsabilidade do provedor de hospedagem.

Na nuvem, o sistema ERP fica armazenado no servidor do provedor, acessado via internet pela empresa. Já no local, o ERP é instalado nos servidores da própria empresa, sendo de total responsabilidade da equipe de TI.
Cloud Server Gerenciado

Diferença de preços: Nuvem vs. Local

Os valores são importantes, ainda mais quando todo mundo busca por economia. E é claro que o Cloud Computing tem o preço mais acessível, pois é pago somente o que realmente é utilizado, além do servidor ser gerenciado por uma equipe especializada com todo suporte, treinamento, instalações ou atualizações necessárias.

Já no ERP local o investimento é maior, envolvendo a compra de licenças e infraestrutura dos servidores, geralmente maior do que necessário no momento, além dos profissionais especializados envolvidos no local.

Vantagens do ERP na nuvem

  • Investimento mais barato;
  • Reduz os serviços de TI porque está na nuvem;
  • Maior segurança;
  • Reduz o custo de manutenção e suporte de aplicações, uma vez que o fornecedor da nuvem trata das atualizações;
  • Paga somente pelos recursos necessários;
  • Rápida implementação;
  • Backups automáticos;
  • Acesso ao sistema de qualquer lugar;
  • Atualizações constantes.

Vantagens e desvantagens de um sistema ERP local

Vantagens

  • Personalização completa;
  • A segurança dos dados é de responsabilidade da empresa;
  • Controle total na implementação;

Desvantagens

  • Investimento arriscado, sem previsão de custo a longo prazo;
  • Custo de profissional qualificado;
  • Maior custo com mão de obra especializada;
  • Imprevistos e dificuldades em futuras atualizações.

Cloud Server Gerenciado

Vantagens do Cloud para o ERP

Segurança

Tenha Backups automáticos, garantindo que seus dados estão disponíveis, se um dia precisar. Também controle as políticas de acessos para o seu ERP.

Aumenta a produtividade

Acabando com problemas de infraestrutura, você se dedica em novas soluções e inovações para o seu site e o ERP.

A arquitetura em nuvem já é projetada desde o início para obter o máximo desempenho, garantindo que seu ERP tenha a melhor disponibilidade.

Redução de custo

A redução de custo é fundamental para seu negócio, e com o Cloud Computing você com certeza terá economia. Além de economizar com manutenção de um data center, você reduz custos com equipes de TI. Há diversas opções quando se trata de ERP, e a nuvem é o meio mais adequado.

Sistemas ERP locais também oferecem vantagens, como administração e customização, por outro lado são caros comparados a custos de longo prazo, também possuem custos com suporte e infraestrutura local que fica obsoleta em 5 anos.

Se ainda tem dúvidas sobre qual modelo implementar, deixe seu comentário.

gustavo-renkel-secnetInbound Marketing na SECNET, Gustavo é formado em Design Gráfico, e está cursando pós-graduação em Neuromarketing. Possui certificado Inbound pela HubSpot. Escreveu este artigo a convite do Bling.
Gustavo Kennedy Renkel
(gustavo.renkel@secnet.com.br)

Posts Relacionados

Deixe um comentário