As vendas pela internet crescem diariamente em comparação com as vendas em lojas físicas. Esse é apenas um dos motivos pelos quais a criação de um E-commerce tem sido uma proposta atraente para pequenos e médios empreendedores. Antes de colocar a ideia de criar um E-commerce em prática, é comum ter algumas dúvidas, principalmente porque o empreendedor pode não saber todos os processos necessários para montar uma loja virtual.

Continue lendo e tire suas dúvidas sobre como criar um E-commerce.

Por que investir em um E-commerce?

Apesar da crise econômica, os valores gastos pelos consumidores em lojas virtuais aumentou 3% em 2017, comparado a 2016. Sendo que mais de 55 milhões de pessoas fizeram uma compra online no ano passado.

O aumento de consumidores virtuais em 2017 foi de 15% e a expectativa é de que em 2018 o crescimento de clientes de E-commerces seja de 60 milhões. Além disso, 27,3% das compras online foram feitas diretamente pelo smartphone e a projeção é de que as compras em E-commerces através de celulares representam 37% do market share. 

Os consumidores passam 24 horas por dia conectados à internet, e já têm o costume de fazer buscas de diversos produtos online. Comparando preços, valores de frete e prazos de entrega.

Não ter sua loja virtual pode significar que seu comércio está perdendo um mercado que só tende a expandir e engolir as lojas físicas.

Dúvidas ao criar um E-commerce

Por onde devo começar?

Antes de mais nada, você deve ter um bom plano de negócios e de marketing, com estratégias bem definidas e realistas. Mais de 50% das lojas virtuais fecham antes mesmo de completar um ano de existência. Isso porque não tiveram um bom plano estratégico e acabaram falhando em algum dos pontos cruciais para ter um E-commerce de sucesso.

Coloque no papel quanto você está disposto a gastar para montar seu E-commerce. Isso inclui a contratação de uma plataforma para loja virtual. Manutenção do site, estoque, pagamento de pessoal e toda a logística de entrega.

Faça uma análise do seu público alvo

É extremamente importante conhecer quem são seus compradores e se eles estão dispostos a comprar seus produtos online. Um erro muito comum dos empreendedores é achar que por ter sucesso em uma loja física, significa que terá sucesso abrindo uma loja virtual.

Muitas vezes os consumidores de lojas físicas preferem fazer compras presencialmente, e não estão tão dispostos a trocar seu hábito por compras online. É por esse motivo que você deve investigar seu público, para saber se ele compra produtos online.

Antes de começar a pensar em criar um E-commerce, faça uma pergunta simples: Meu produto pode ser vendido em lojas virtuais?

Um fator importante é pensar que nem todos os comércios podem ser feitos online. Vamos supor que você venda um produto que necessite de armazenamento em um frigorífico, e seu transporte para outro estado acarretaria em custos altíssimos. Pois precisaria de um caminhão com refrigeração especial.

Apesar de ter os preços competitivos, comparado a mercados locais, o custo de transporte excederia o preço do produto. O que não seria benéfico para o comprador e muito menos para você!

Quais são as vantagens de ter um E-commerce?

Ter uma loja virtual é ter seus produtos expostos 24 horas todos os dias, sem ter a necessidade de pagar um aluguel de loja, assim como não se preocupar com a manutenção de uma loja física e gastos como luz, água e outros. Inicialmente, uma loja virtual necessita de poucos funcionários. O que pode ser uma vantagem a curto prazo em relação à contratação e treinamento, à medida que seu E-commerce cresce, você deverá contratar mais funcionários.

O E-commerce possibilita que compras e vendas sejam feitas por milhares de pessoas de qualquer lugar, sem a necessidade de sair de casa para isso.

Em comparação com as lojas físicas, você tem um alcance muito maior com o E-commerce, onde muitas pessoas podem te encontrar através da internet e efetuar compras sem precisar ir até a sua loja.

É nesse momento que é importante que o seu E-commerce ofereça um serviço ágil para resposta de dúvidas e entrega de produtos.

Outro ponto positivo para o E-commerce é que muitos clientes não se sentem à vontade comprando em lojas físicas por sentirem-se pressionados a efetuar uma compra. Nas lojas virtuais o seu cliente pode passar o tempo que quiser olhando produtos sem precisar interagir com nenhum vendedor.

Escolha uma boa plataforma de E-commerce

Essa é uma das chaves para ter sucesso com a sua loja virtual! A plataforma de E-commerce nada mais é que a coluna vertebral do seu negócio, é onde você criará a identidade visual do seu empreendimento. Assim como adicionará produtos, descrições, imagens, formas de pagamento e muito mais.

Após ter sua plataforma escolhida é importante que você faça integração com um ERP para E-commerce. Com um ERP especializado em lojas virtuais, você poderá fazer o planejamento de recursos da empresa. Automatizando serviços como emissão de nota fiscal, controle de estoque, etiquetas de rastreio do correio e muito mais!

Como ganhar a confiança dos clientes?

Lembre-se que seu site é novo e que os usuários online têm o costume de verificar a reputação da empresa antes de efetuar a compra. Isso significa que, em um primeiro momento, sua empresa precisará conquistar clientes transmitindo confiança e segurança na hora da compra.

Garanta que o seu site é protegido com criptografia de dados. Isso significa que todos os dados pessoais inseridos pelos usuários não poderão ser roubados por hackers e usados maliciosamente. E além disso, deixe clara a sua Política de Trocas, criando uma página ou uma seção que fale exatamente como funcionam as trocas dos produtos comprados no seu site. Respeite os prazos estabelecidos pelo Código de Defesa do Consumidor!

Como faço para cadastrar produtos na loja virtual?

Profissionais de marketing afirmam que a compra de um produto torna-se mais provável a partir do momento em que tocamos no objeto desejado. Essa é uma das desvantagens do E-commerce em comparação com a loja física.

Para resolver esse problema, recomendamos que você faça uma descrição minuciosa do produto e de todas as suas características. Inclua fotos com alta resolução em diferentes ângulos, coloque especificações técnicas e, se possível, a opinião de outros compradores.

Nesse momento é importante que você descreva o produto tirando todas as possíveis dúvidas que o consumidor possa ter. Lembre-se de falar sobre os componentes que vão dentro da caixa. Uma boa ideia é adicionar produtos relacionados ao que esse cliente está vendo. Caso ele não tenha interesse nesse produto por algum motivo, ele poderá ver outras opções e outros preços.

Como deve ser minha comunicação com o cliente?

Criar um canal de relacionamento entre cliente e empresa é um dos fatores cruciais para efetuar uma boa venda. Mesmo com uma descrição detalhada do produto, algumas dúvidas podem surgir no meio do caminho entre o carrinho e a finalização de compra.

Use a criatividade para falar com o seu cliente! Muitas empresas apostam apenas no contato telefônico e e-mail. Mas não se esqueça que o mundo virtual necessita de mais rapidez do que esperar a resposta pelo correio eletrônico. Além disso, muitas pessoas desistem da compra quando precisam ligar na loja para saber alguma informação.

Utilize perfis nas redes sociais, como Facebook e Instagram, e ofereça um rápido atendimento e esclarecimento de dúvidas. Muitas empresas têm optado pelo chat box dentro do site. O que faz com que o cliente não precise sair da sua loja virtual para entrar em contato com você!

Como fazer o controle de estoque?

Após vender bastante na internet, é preciso que você entregue os produtos dentro do prazo estabelecido. Uma das reclamações mais comuns dos clientes é sobre o atraso no envio e falta de informações sobre rastreio do produto. Para não ter preocupações com o controle de estoque, faça a integração do seu E-commerce com um ERP, e tenha a gestão do seu estoque a poucos cliques, com agilidade e precisão.

Procurando por um ERP integrado com as maiores plataformas de E-commerce e marketplaces do Brasil? Conheça o Bling!

Categorias: E-commerce

Posts Relacionados

Deixe um comentário