CNAB

Você já ouviu falar em CNAB? Sabe como ele pode ajudar na otimização dos seus processos de recebimento junto aos seus clientes? Neste post, você vai entender o que é o CNAB e como esta evolução tecnológica pode ajudar na performance dos seus recebíveis. Agilizar diversas tarefas das suas contas a receber e do seu departamento financeiro como um todo.

O que é o CNAB?

O CNAB (Centro Nacional de Automação Bancária) é uma ferramenta padrão da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos). Ela é utilizada tanto para a remessa quanto para o retorno de informações sobre clientes para as empresas que utilizam este tipo de serviço.

Como funciona o CNAB?

A utilização do CNAB alimenta os bancos de dados das empresas e faz com que estes estejam constantemente atualizados em relação aos recebimentos. Além disso, existe a baixa automática dos títulos devido ao padrão de comunicação. O que melhora as atividades e o dia a dia. Uma vez que não é necessário digitar cada boleto que foi compensado.

O processo que envolve o CNAB é bastante simples. Sendo que tanto o recebimento quanto o envio podem ser feitos de diferentes maneiras. Uma das mais comuns é a emissão dos boletos pelo website da instituição financeira que foi escolhida pela empresa ou a própria organização poderá emiti-los. O processo de recepção e pagamento pelo cliente ocorre de forma usual.

Após a compensação do título, a empresa verificará que existem dois arquivos de retorno. O que possibilita, com o auxilio de um software o cruzamento entre os boletos que estão em aberto e aqueles que foram liquidados naquela remessa. O processo é fácil, rápido, seguro e ocorre de forma totalmente digital.

Quais os padrões de CNAB?

Os padrões CNAB são estabelecidos pela própria FEBRABAN e podem ser 240 e 400. O CNAB 400 é aquele mais indicado para pequenas empresas ou aquelas que não possuem um volume muito grande de movimentação financeira.

Ele possui uma quantidade um pouco menor de informações que o 240. Pois tem 400 posições de números para cada registro. Mas que mesmo assim permitem diversas alternativas à empresa interessada como cobrança simples e garantida.  Entretanto, não permite o uso de banco correspondente, apenas a postagem de títulos pelos correios. Bem como protesto do mesmo em caso de necessidade. Com a utilização do CNAB 400, o fluxo de informações é simples, rápido e evita erros e desperdício de tempo em sua empresa.

Qual layout utilizar?

As transações de remessa e retornos podem variar de acordo com o seu banco escolhido ou de relacionamento. Assim é preciso definir o tipo de informação que você necessita e aquele que é ofertado por sua instituição bancária. Além disso, o volume de transações que sua empresa possui também irá influenciar na sua escolha.

Você viu como o CNAB pode auxiliar na sua rotina e gerenciamento de envio e recebimento de arquivos e como isso pode otimizar as operações da sua empresa e até mesmo melhorar as suas finanças. Caso queria conhecer um pouco mais sobre o assunto, curta nossa página no Facebook e entenda como esta e outras ferramentas podem lhe ajudar.

Posts Relacionados

2 Comentários

  1. Jader

    08/11/2017 at 00:53

    Olá, gostaria de saber se o Bling ERP possui CNAB?

    1. Bling

      Bling

      09/11/2017 at 09:48

      Oi Jader, bom dia!
      Você tem que fazer upload de um arquivo de remessa no banco e depois fazer um download do retorno para fazer as baixas! Está disponível a partir do plano Mercúrio! Dá uma olhada em nossos planos:

      Abraço da equipe Bling e sucesso nos negócios ?

Deixe um comentário