De fraudes nos cartões de crédito, roubo de informações no banco de dados a ataques na estrutura do site. As lojas virtuais podem ser bem vulneráveis nesse aspecto. Em vista desse quadro, investir em segurança para e-commerce é uma medida essencial.

Para te ajudar nessa missão, trouxemos um artigo produzido pela Xtech Commerce sobre como promover mais segurança para o seu e-commerce com dicas práticas. Continue lendo e confira!

Identificação de vulnerabilidades de segurança para e-commerces

O primeiro passo para promover uma loja virtual mais segura é analisar o site em todos os aspectos e identificar suas vulnerabilidades. Utilize sua experiência como usuário e analise o seu e-commerce a partir de uma navegação avaliativa, para começar. Buscar referências em sites concorrentes pode ajudar.

Se você sente que o site pede poucas informações no momento do cadastro, que a área de pagamento apresenta falhas, ou que não há notificação por e-mail das transações realizadas pelos clientes, por exemplo, é importante dar atenção a esses pontos e reparar as falhas o quanto antes.

Cadastros mais assertivos

Tão ruim quanto pedir menos informações do que é necessário, é pedir informações em excesso. Por isso, não peça um grande número de dados aos clientes, caso não sejam extremamente necessários. Mas ao mesmo tempo, exija pelo menos um e-mail ativo e uma senha mais complexa – com números e caracteres –.

Isso ajuda a manter um banco de dados que compreenda somente o essencial. E ao mesmo tempo garanta ao cliente mais segurança em relação a sua conta.

Controle de acesso

O acesso a dados sigilosos e informações financeiras devem estar sob uma proteção muito rígida, o mesmo acontece ao acesso a sua carteira de clientes. Permita acesso a tais dados somente a pessoas de sua confiança e unicamente a elas.

Implemente controles de acesso rigorosos, com senhas para permissão, e negação de acesso após algumas tentativas. Isso ajuda a evitar fraudes e vazamento de informações.

Manutenção de dados sigilosos

Em se tratando de comodidade, manter os dados de acesso dos clientes faz com que suas próximas compras sejam efetuadas mais rápida e confortavelmente. No entanto, manter uma enorme quantidade de informações pessoais e dados bancários dos clientes é um risco grande à segurança deles e à credibilidade de seu site. Já que ao sofrer qualquer fraude, sua loja virtual pode ser considerada um site de risco.

Por isso, procure realizar limpezas com certa frequência, para que os clientes que não acessam seu e-commerce há anos, por exemplo, não corram o risco de ter suas informações vazadas, além é claro de não deixar seu sistema pouco eficiente com um excesso de informações desnecessárias.

Utilização de uma plataforma de e-commerce

Implementar uma plataforma de e-commerce segura e com SSL no checkout pode ser a solução ideal para quem busca mais segurança, sem abrir mão de uma experiência do usuário satisfatória.

A Xtech Commerce promove segurança sem a necessidade de instalação de programas complexos, nem aquisição de licenças. Isso porque essa plataforma trabalha no modelo SaaS – software as a service. Ou seja, basta ter um navegador com acesso à internet e o software de serviço fica responsável pela segurança do sistema.

Viu como é possível ter mais segurança para e-commerce sem fazer grandes mudanças em sua loja virtual? Siga a Xtech Commerce nas redes sociais e tenha acesso a mais conteúdos interessantes!

Facebook Xtech!Youtube Xtech!Instagram Xtech!

 

Posts Relacionados

2 Comentários

  1. MaxMaxivan

    07/02/2018 at 23:58

    Muito boa as dicas do bling,
    Parabéns!

    1. Bling

      Bling

      08/02/2018 at 07:47

      Agradecemos o comentário! 😉

Deixe um comentário