Não são apenas grandes empresas que podem utilizar a tecnologia a seu favor: ela pode ser implantada nas pequenas e microempresas para otimizar processos e obter resultados mais eficazes.

Quer saber como aplicar a tecnologia a favor de sua empresa na prática e melhorar a performance do seu negócio? Acompanhe nossas dicas para acabar com todas as suas dúvidas sobre o assunto!

1. Utilize serviços de emissão de NF-e

A nota fiscal é obrigatória para todas as atividades. O futuro do emissor de Nota Fiscal eletrônica fornecido pela Secretaria da Fazenda ainda está incerto. O momento é oportuno para empresários que, até então, utilizavam esse aplicativo, estudem novos serviços e optem por sistemas mais ágeis e eficazes para o seu negócio. Escolha um sistema qualificado, integrado e online, que possua suporte para atendimento ao cliente.

organizar financas

2. Organize as finanças pessoais e dos negócios online

Cerca de 56% dos microempresários individuais não realizam a separação correta das contas pessoais daquelas relativas à empresa. Tal ocorrência pode ser considerado erro grave e não deve subsistir, já que a tecnologia já dispõe de métodos de organização para separar as atividades.

Utilize aplicativos de qualidade para gerenciar as finanças pessoais e do negócio separadamente. Insira os dados e obtenha segurança e praticidade no recebimento de relatórios e armazenamento de informações.

3. Invista em e-commerce

O perfil do consumidor contemporâneo mudou. Ele busca comodidade e bom preço: quer adquirir produtos a baixo custo sem sair de casa. Por isso, vale a pena investir em e-commerce, uma alternativa simples e barata, com possibilidade de ampliação do marketing da empresa e maior prospecção de clientes.

Além disso, oferecer loja virtual exige baixo investimento inicial, custos totais bem menores do que o de lojas físicas — não há necessidade de remunerar vários empregados ou pagar contas como de água e energia — maior disponibilidade geográfica e de tempo.

Se deseja mais comodidade para entrar no mercado online, pondere optar pelo marketplace de alguma empresa conhecida.

E-commerce para microempresas

4. Escolha um ERP em nuvem

Um sistema de gestão (ERP) é ideal para conferir praticidade e segurança no armazenamento de dados da empresa — como estoque, fluxo de caixa, entre outros — e recebimento de relatórios com indicação de desempenho e performance.

Assim, há uma otimização do tempo gasto com as tarefas mecânicas relativas à administração do negócio, com a possibilidade naquelas que realmente importam. Sistemas com em nuvem tornam acessíveis as informações inseridas a partir de qualquer dispositivo móvel.

5. Reduza gastos com telecomunicações

O acesso à internet permite que reuniões entre pessoas situadas a quilômetros de distância ocorram de maneira rápida e fácil. A globalização exige que empresários se adequem a essa nova realidade, estudando novos métodos e sistemas.

Vale investir em programas que são velhos conhecidos do público em geral, como o VoIP, Skype e Viber. Por meio deles, é possível realizar encontros virtuais em tempo real, poupando ainda a franquia de minutos do telefone, já que o acesso é ilimitado e gratuito (existindo também as versões pagas) para dispositivos com acesso à internet.

Entendeu como aplicar a tecnologia para microempresas? Deixe seu comentário e compartilhe sua opinião!

Posts Relacionados

4 Comentários

  1. Alexsandro

    09/01/2017 at 11:40

    Apesar da SEFAZ/SP ter firmado acordo com o SEBRAE para utilização do emissor gratuito da NF-e, que estava previsto para ser descontinuado em Janeiro deste ano, confesso que mesmo assim prefiro utilizar o BLING como sistema de gestão para emissão das minhas Notas Fiscais por ser um sistema bastante eficiente e um custo bastante acessível para pequenos e micro empresários. O emissor gratuito da SEFAZ é muito trabalhoso, o que torna muito demorado a emissão de uma Nota Fiscal. Trabalho com vendas no Mercado Livre e todos os meus pedidos pendentes são lidos de uma só vez pela plataforma Bling (o que não era possível com a utilização do emissor da SEFAZ) e a emissão de várias Notas Fiscais se dá em poucos minutos.

    1. Bling

      Bling

      09/01/2017 at 12:41

      Oi, Alexsandro. Ficamos felizes por saber que conseguimos melhorar o dia a dia no seu trabalho.
      Aproveite ao máximo as ferramentas que o Bling oferece para otimizar a gestão empresarial e sucesso nos negócios!
      :)

  2. AutomatizeJa

    12/01/2017 at 09:30

    O fim da NF-e gratuita e a exigência da SEFAZ São Paulo que obriga o uso do SAT fiscal para emissão de cupom fiscal no lugar do ECF impressora fiscal são mesmo dois desafios para os empresários. O Bling realmente ajuda muito, é fácil de usar e bem intuitivo além de ser funcional, Recomendamos!

    1. Bling

      Bling

      12/01/2017 at 10:16

      Olá! Pois é, os empreendedores precisam estar sempre atentos às mudanças e encontrar alternativas que simplifiquem o dia a dia empresarial. Ficamos felizes por saber que o Bling ajuda vocês!
      Abraço da equipe e sucesso nos negócios. 😉

Deixe um comentário