Apesar das diversas facilidades disponíveis para a abertura de uma loja virtual, o novo empreendedor muitas vezes esquece que esse negócio é também uma empresa e acaba deixando de adotar um sistema de gestão do e-commerce.

Portanto, é fundamental que a administração do novo empreendimento utilize as ferramentas adequadas para gerir corretamente o negócio e conduzi-lo ao crescimento.

Também, por conta dessa facilidade de criação de novos e-commerces, a concorrência está cada vez mais acirrada no mercado virtual, inexistindo espaço para amadorismo.

Dessa maneira, é cada vez mais importante para a sobrevivência de uma loja virtual investir em uma gestão de qualidade, para diminuir os riscos e aumentar as oportunidades. Quer saber como melhorar a gestão do e-commerce? Siga os 5 passos a seguir!

1. Elabore um bom planejamento

Para obter sucesso, seja no mundo empresarial ou em qualquer outra situação, é necessário um bom planejamento. A sorte e a intuição podem até ajudar, mas o bom empreendedor sabe que apenas isso não é suficiente.

Um planejamento bem feito possui planos para curto, médio e longo prazos e respondem às seguintes perguntas de cada etapa.

  • O que deve ser feito?
  • Quem deve fazer?
  • Quando fazer?
  • Como fazer?
  • Quanto vai custar?
  • Onde será feito?
  • Por que fazer isso?

Depois dessas perguntas respondidas, o esqueleto do seu planejamento estará pronto e você terá um caminho para seguir.

Além disso, se precisar de crédito bancário ou atrair investimentos de terceiros, apresentar um planejamento faz a diferença.

2. Conheça o mercado

Depois de feito o planejamento, o passo seguinte é conhecer o mercado de atuação. Isso é de extrema importância para que possa oferecer a melhor experiência ao seu cliente, com produto ideal, atendimento satisfatório, formas de pagamento e entregas adequadas.

Conhecer o mercado também facilita a criação de campanhas de marketing direcionadas especificamente ao seu público, obtendo, assim, maiores chances de êxito.

A utilização de uma plataforma moderna na gestão do e-commerce ajudará bastante você a conhecer o seu mercado, por meio do monitoramento dos seus clientes.

É possível saber detalhes dos visitantes da sua loja virtual, como faixa etária, localização, como o encontraram e quanto tempo ficaram no seu site.

3. Otimize as operações logísticas

Ter um controle de estoque e de entregas permite ao empreendedor identificar problemas que podem gerar perdas para a empresa, como mercadorias paradas por muito tempo ou vendas perdidas por falta do produto.

Também evita reclamações dos clientes por motivo de atrasos nas entregas. O consumidor atual é bastante ansioso, não gosta de esperar. Portanto, quanto mais rápido conseguir suprir as necessidades do seu cliente, maior será a satisfação dele.

Sendo assim, a gestão do e-commerce deve primar por um acompanhamento logístico. Esse trabalho é facilitado por softwares que automatizam diversas etapas e produzem relatórios que facilitam as tomadas de decisão.

4. Acompanhe as métricas

O e-commerce tem uma grande vantagem sobre uma loja física: praticamente todos os processos são feitos com o uso de computadores, gerando o registro de quase tudo.

Com isso, é possível ter acesso às diversas informações que facilitam muito a gestão do e-commerce, como a taxa de abandono do carrinho, fonte de tráfego, conversão de novos clientes e o retorno sobre o investimento, por exemplo.

Uma forma de acessar essas métricas com facilidade é adotar plataformas para a sua loja virtual que possuam essa funcionalidade.

5. Promova mudanças

O planejamento feito no primeiro passo deve sempre ser acompanhado em conjunto com as métricas do passo 4. Dessa forma, você saberá se a gestão do e-commerce está o conduzindo para o que havia planejado ou se está tomando outro rumo.

Se for o caso, você terá informações suficientes para tomar a decisão correta e promover mudanças na administração da loja virtual.

Perceba que esses passos devem ser seguidos continuamente, sem data para finalizar. Dessa maneira a gestão do e-commerce será certeira e o seu negócio prosperará sempre.

Neste artigo você descobriu que, para gerir bem o seu negócio virtual, é preciso ter acesso às melhores ferramentas. Portanto, não perca tempo e saiba escolher a melhor plataforma de e-commerce.