O ambiente online tem cada vez mais ganhado força. Empreendedores dos mais diversos segmentos se aventurar pelo virtual atrás de novas oportunidades. 

Quando se está começando, no entanto, o cenário pode ser um pouco caótico e a venda de produtos pode parecer mais complicada do realmente é. 

Para vender produtos na internet, o primeiro passo é montar uma loja online. Isso porque os consumidores buscam por opções confiáveis no meio virtual. A estrutura de uma loja bem organizada, faz com que ele se sinta mais confiante em adquirir novos produtos.

Criada a loja virtual e cadastrados os produtos, será possível começar as vendas. Uma das situações com a qual o empreendedor se depara neste momento é a emissão de notas fiscais.

Entenda a seguir o motivo delas serem necessárias e como emiti-las.

Por quê emitir Notas fiscais eletrônicas?

O governo no intuito de facilitar e melhorar a fiscalização das empresas, desenvolveu o projeto da nota fiscal eletrônica. Dessa maneira as transações ficam mais simples tanto para os contribuintes quanto para o governo.

Quando emitido pelo software, o documento existe apenas digitalmente e um arquivo de papel, chamado DANFE (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica), é geralmente entregue ao cliente.

A nota fiscal é um documento obrigatório. Ela torna o processo de venda e compra de produtos e serviços, mais formal. As informações tributárias estão centralizadas ali, atribuindo a ela validade jurídica, possibilitando que ela seja utilizada para a fiscalização de órgãos governamentais e o recolhimento de impostos.

Sabendo sua importância, veja como emiti-las,

Como emitir notas fiscais para a venda dos meus produtos?

O primeiro passo para começar a emitir notas fiscais para o seu produto, é cadastrar a sua empresa na Secretaria da Fazenda (SEFAZ) de seu estado. 

O cadastro é necessário para garantir que todos os impostos ICMS, de circulação de produtos e serviços, e outros tributos sejam pagos por meio do órgão.

A nota fiscal é um documento, e por essa razão é necessário que tudo esteja em ordem e todos os cadastros sejam efetuados da forma correta. Para conseguir fazer a emissão, também é necessário adquirir o certificado digital (e-CNPJ), junto ao Serasa ou outras entidades autorizadas e credenciadas junto ao ICP- Brasil

Após todas as permissões sejam adquiridas, você precisará preencher alguns dados quando gerar a nota, veja a seguir!

Quais dados preencher ao gerar uma nota fiscal

A nota fiscal de produtos sempre exigirá as seguintes informações:

  • Informações básicas da empresa: nome fantasia, razão social, CNPJ, endereço, inscrição estadual, municipal entre outros;
  • Informações do destinatário: CPF ou CNPJ do cliente, nome completo e endereço;
  • Identificação do produto: coloque as informações da forma mais detalhada possível, com marca, tamanho, cor, e outras variações;
  • Quantidade: quantos foram vendidos daquele mesmo produto;
  • Peso: líquido e bruto de todos os itens juntos;

Além destas, devem ser adicionadas informações tributárias do produto, como:

  • Origem: nacional, importado e outras sobre de onde o produto vem;
  • Natureza da operação: se trata de uma venda, compra, devolução ou importação;
  • Forma de pagamento: à vista ou parcelado;
  • CFOP: o código de quatro dígitos que define a natureza de circulação do produto;
  • Base de cálculo do ICMS: informar o valor base para o cálculo;
  • Situação tributária: informando o código CST, referente à modalidade de tributação da venda;
  • Outros valores: valor do frete, seguros e descontos, por exemplo, apenas quando houver;
  • Valor total: a soma de todos os valores envolvidos na operação.

Para simplificar essa operação tão burocrática e garantir segurança em suas transações, sua empresa pode contratar um sistema especializado na emissão de notas fiscais.

A emissão de notas com erros podem gerar muita dor de cabeça para o empresário. O processo requer muita atenção, mas pode ser simplificado com o sistema correto. 

Emita notas fiscais com facilidade e segurança

Com a Bling emitir suas notas fiscais se torna um processo muito mais simples. 

Uma loja virtual precisa de muita atenção, principalmente nos processos iniciais. Foque no que realmente importa e deixa a parte burocrática e complica por conta do sistema. 

Quais são as suas maiores dúvidas na hora de gerar sua nota fiscal? Fale pra gente!