Uma empresa recente, mas que vem conquistando amplo espaço no comércio online mundial. A Shopee é uma empresa de Singapura, criada em 2015 e que veio crescendo muito em diversos países asiáticos como Malásia, Tailândia, Taiwan, Indonésia, Vietnã e Filipinas e mais recentemente, em 2019, iniciou sua operação no Brasil. 

Os empreendedores de e-commerce querem saber como um Shoppe vendedor atua, como iniciar a operação no marketplace e os detalhes dessa operação que é considerada a plataforma de compras número um do sudeste asiático. 

Para quem ainda não sabe o que é Shopee Marketplace ele é um canal de vendas que alcançou 1,8 bilhão de dólares de GMV (sigla para Gross Merchandise Volume, que pode ser traduzido para Volume Bruto de Mercadorias). Isso somente no primeiro ano de lançamento. 

Neste artigo vamos entender um pouco mais como ser um vendedor Shopee e como funcionam as principais questões do marketing. Confira!

Como ser vendedor na Shopee?

O primeiro passo para ter sucesso nas vendas em qualquer canal é conhecer como o marketplace funciona, suas regras e comissões. A Shopee é conhecida por ser concorrente direta do Aliexpress, e assim como este, aposta nos preços competitivos para o cliente e em vantagens para o lojista. 

Para entender melhor o processo de como vender no Shopee, é importante atentar a algumas das principais vantagens do canal, como a divulgação dos produtos, o frete grátis em compras acima de 10 reais, a taxa de comissionamento do marketplace baixa e os cupons personalizados. 

O primeiro passo é estar cadastrado na plataforma, para poder ir adicionando os produtos a serem vendidos. Ele funciona como os demais canais de venda: insere fotos do produto, especificações, preço, quantidade em estoque e define as modalidades de entrega. 

O cliente quer sempre ter as opções em mãos, para ele poder avaliar o formato que mais se adequar ao seu momento de compra, seja pagando um pouco mais para um frete express ou seja aguardando um tempo maior mas com o valor reduzido da entrega. 

O processo de venda pode ser facilitado com a utilização de um ERP que facilita a integração e ainda acompanha as entradas de pedidos, vendas e entregas da sua loja. 

Como é a comissão na Shopee?

A Shopee não tem taxa de inscrição. No entanto, há uma taxa de 12% de comissão sobre as vendas e anúncios. Por isso, considerando outros marketplaces, a Shopee pode ser muito vantajosa. 

Para os compradores a Shopee dispõe da vantagem de reter o pagamento ao vendedor temporariamente para garantir que a transação seja concluída com sucesso. Por isso, vale sempre testar o item recebido antes de confirmar o recebimento, para em caso de dúvidas, solicitar o reembolso. 

Desta forma, comprador e vendedor prezam pela melhor experiência de compra e venda.Assim como em outros marketplaces, o  pagamento pode ser realizado no cartão de crédito ou boleto bancário. 

Vantagens de vender na Shopee

Além das baixas taxas de comissionamento para o lojistas outras vantagens são interessantes para vender na Shopee, confira: 

  • Visibilidade: Com um tráfego alto de acesso de clientes, o lojista de aproveita da visibilidade do canal para ganhar novos clientes. 
  • Praticidade: Após cadastrado no canal, e integrado a um sistema de gestão, o lojista só precisa acompanhar as vendas através do celular ou computador, criando novas campanhas de anúncios e monitorando as vendas.
  • Suporte de vendas do canal: Outro diferencial da Shopee é o suporte da Central do Vendedor, que acompanha os dados de venda e faz o rastreamento das entregas, contando também com um gerente de Contas para auxiliar o empreendedor se necessário. 

Como funciona o frete da Shopee?

O frete nas compras acima de R$20 é gratuito para os cliente, mas não fica especificado o tempo de estimativa para a entrega. 

A Shopee Brasil distribui cupons de frete grátis para usar nas compras no aplicativo. Antes de finalizar a compra, o cliente  aplica um cupom que dá desconto no valor do seu frete. Para o lojista, também é oferecido cupons de desconto para que ele crie cupons para a sua loja. 

Para o cliente, o canal também dá opções variadas de pagamento, seja por meio de boleto, cartão de débito ou crédito (podendo dividir em até 6 vezes sem juros). Tal facilidade impacta positivamente a experiência do seu cliente. 

Pára saber mais sobre o programa de frete grátis, acesse: https://shopee.com.br/m/programa-frete-gratis-extra

Como acessar a Central do Vendedor Shopee?

Para tornar a sua entrada na Shopee ainda mais fácil, preparamos um passo a passo para começar a vender online:

  1. Cadastro inicial — acesse o site www.shopee.com.br, clique na palavra “Cadastrar” e preencha dados pessoais, como o seu telefone e e-mail.
  2. Torne-se um vendedor — agora observe no canto superior esquerdo da tela a seção “Central do Vendedor”. Clique nela e termine o cadastro como vendedor. Nesse passo, lembre de também escolher o tipo de loja correto (“loja pessoal”, se for usar o CPF, ou “loja empresarial”, no caso de CNPJ).
  3. Feito isso, volte à Central do Vendedor, clique em “Perfil da Loja” e complete os campos referentes ao nome da loja, imagens e vídeos de sua identidade visual e a descrição da empresa, como o segmento em que atua, sua história etc.
  4. A partir deste passo a loja já está pronta! Para cadastrar o primeiro produto, vá novamente à Central do Vendedor e clique na opção “Meus Produtos”, localizada na coluna da esquerda da página. 
  5. Agora, clique em “Adicionar novo produto” e preencha todas as informações referentes a ele, bem como disponibilize boas fotos para ilustrar. Nesta etapa, informe também o peso, tamanho do pacote e demais dados solicitados.

Sua loja e produto já estão no ar! Repita os últimos passos para adicionar outros produtos. 

Confira algumas das principais categorias de venda da Shopee: 

  • casa;
  • computadores e acessórios;
  • eletrodomésticos;
  • saúde e beleza;
  • celular e gadgets;
  • esportes e ao ar livre;
  • brinquedos infantis, roupas e moda;
  • jogos e consoles;
  • alimentos e comida para pets;
  • automotivo;
  • viagem;
  • moda masculina e feminina. 

É proibido vender na Shopee animais e produtos da vida selvagem, artefatos e antiguidades, cosméticos usados, moedas e selos falsificados, cartões de crédito, débito e moeda digital, medicamentos de qualquer tipo e substâncias semelhantes a drogas, armas de fogo e réplicas. 

A venda de álcool, por sua vez, só é permitida se o vendedor tiver uma licença específica emitida pela Shopee.

Dicas para ser um vendedor na Shopee de sucesso

Canais de venda amplos e populares como a Shopee merecem que o empreendedor destine um tempo para pensar em estratégias de venda para impulsionar ainda mais o negócio e garantir que cada vez mais os clientes tenham acesso aos seus produtos. 

  1. Crie promoções pontuais

Entendendo o perfil do seu consumidor, já é possível criar promoções além das datas comemorativas. Pense em criar kits que complementam as compras do seu cliente para que o ticket da compra aumente.  

  1. Faça ofertas por tempo limitado

Quando perceber que algum item do estoque pode estar com dificuldades de venda, ou no caso de ter feito grandes compras, ofereça ofertas por tempo delimitado ao seu consumidor. Ele certamente vai gostar e terá mais chances de fidelizar ao seu negócio. 

  1. Mantenha uma boa taxa de resposta de chat

Não deixe os clientes sem respostas ou com dúvidas, o bom atendimento é fundamental;

  1. Cupons para chamar atenção

Quando o cliente recebe um cupom com itens a mais ou desconto no frete, por exemplo, ele passa a ter a sensação de ganho e pode aumentar o valor da compra em produtos. Isso também gera relacionamento com estes clientes. 

  1. Destaque seus produtos mais vendidos:

 Por ser um canal amplo, é importante apostar em divulgações pontuais de alguns itens que são campeões de venda do seu negócio. 

O Bling é parceiro do vendedor Shopee

Através de uma integração com o sistema de gestão e o marketplace é possível automatizar os processos e atender às necessidades de cruzamentos de dados para uma boa gestão de negócios. 

O Bling dispõe de integração com a Shoppe, e através do painel principal do ERP é possível monitorar as vendas de forma simples e integrada com os demais setores, como estoque, financeiro e logística. 

Mesmo a Shopee sendo uma plataforma simples de ser usada pelo lojista, com o auxílio e integração do ERP esse fluxo se torna ainda mais automatizado. Isso porque a integração entre o canal de vendas e a ferramenta fará com que o vendedor tenha mais controle sobre todos os seus processos, desde a gestão do estoque, das vendas e dos pedidos de compra, até a relatórios com dados relevantes a respeito desses pilares do negócio.