O mundo do e-commerce tem se expandido cada vez mais. No começo, eram as lojas virtuais que ditavam as vendas, depois surgiram alguns marketplaces e as lojas passaram a integrar suas vendas e amplificar seus negócios.

Entre as diversas possibilidades de vendas online, o marketplace vem se destacando como uma excelente maneira de ampliar as possibilidades e conquistar novos clientes.

No entanto, apesar de estar bastante associado ao comércio eletrônico, o marketplace oferece diversas possibilidades a diferentes tipos de negócios. 

Entre suas grandes vantagens, está o custo menor de operação, além de uma assistência de especialistas para quem ainda está começando no segmento.

Entenda o que é marketplace, quais são as vantagens desse tipo de comércio e descubra qual é a melhor opção para você escolher!

ÍNDICE

Marketplace o que é?

O marketplace é um site voltado ao comércio eletrônico destinado a vender produtos de diferentes lojas. 

Ou seja, em um único grande endereço, é possível encontrar várias opções de itens, produtos e serviços oferecidos por estabelecimentos parceiros. Ele funciona como um e-commerce tradicional, com a diferença de que reúne vários lojistas.

Ao pensar em um paralelo com o comércio offline, o marketplace funciona como um grande shopping center: ao entrar em um shopping, você poderá encontrar diversos produtos sendo vendidos por diferentes lojas. Em alguns casos, lojas diferentes podem vender os mesmos produtos, sob preços e condições diferentes, aumentando a possibilidade de se manter competitivo ao seu público.

O conceito de marketplace, portanto, é de um site de vendas colaborativo. Em uma única plataforma, várias lojas – ou pessoas – podem expor os seus produtos e serviços.

E-commerce ou marketplace

As vendas online podem ocorrer através do e-commerce próprio, ou seja, a loja virtual. Para isso, o lojista cria a sua plataforma, cadastra os produtos e já pode começar a vender online. 

A vantagem desse formato é que não é preciso pagar percentuais sobre as vendas para canais terceirizados, mas ao mesmo tempo, é preciso um trabalho árduo de posicionamento da marca e do negócio para que o cliente encontre o seu produto nas pesquisas online. Já o marketplace é um canal de vendas mais amplo e já consolidado.

 O lojista passa a competir com mais concorrentes em um único site, mas ao mesmo tempo consegue alcance maior de potenciais clientes em menor tempo. 

Quais são as vantagens de um Marketplace

Essa modalidade é bastante utilizada por lojistas que estão começando suas operações digitais ou até mesmo para grandes empresas que desejam ampliar sua presença digital, oferecendo diversas condições para que os consumidores adquiram seus produtos online.

Além disso, o marketplace pode trazer mais simplicidade para algumas operações, uma vez que possui um sistema integrado para padronizar seu atendimento, o que pode facilitar a logística para e-commerce e a emissão de nota fiscal, a partir do ERP no varejo.

Veja abaixo os 5 principais motivos para inserir seus produtos em um marketplace: 

1. Seja visto: tenha a sua loja em um grande shopping virtual

Vender em marketplace também permite que o vendedor tenha mais ofertas, com a possibilidade de oferecer diferentes produtos, mesmo que não os tenha em seu estoque físico. Todas essas possibilidades oferecem mais chances de um crescimento exponencial em um período de tempo menor do que um e-commerce.  

2. Reduza custos com publicidade

Ao vender em marketplace, o lojista pode gastar menos com marketing – afinal, o próprio sistema inteligente da plataforma ajudará a divulgar para os clientes que têm o perfil dos seus produtos. Além disso, a plataforma já deverá fazer os investimentos em segurança, mantendo a proteção dos dados dos seus consumidores por um custo menor para o lojista.

3. Adquira maior alcance para sua loja 

Fale sobre a amplitude que os marketplaces possuem, podendo alcançar uma grande variedade de públicos, permitindo às lojas forte presença digital. 

Para exemplificar, é a mesma situação de ter uma loja física no centro comercial da cidade ou a mesma loja escondida em algum bairro longe do movimento. Você vai fazer vendas pontuais, mas o movimento que terá no centro comercial é muito maior pelo simples fato de ser um local onde as pessoas procuram o comércio de forma natural.

4. Gerencie sua loja com mais praticidade

No marketplace é possível gerenciar os produtos e as vendas com praticidade. A própria plataforma já oferece diversos recursos, sem precisar investir em criação de layouts do zero. Através de um ERP também é possível gerenciar as vendas da sua loja em múltiplos canais ao mesmo tempo. 

5. Venda mais!

Um outro ponto muito benéfico dos marketplaces é que eles proporcionam maior retenção dos consumidores. Isso porque eles ficam mais tempo na página, o que normalmente oferece a chance de maior navegação entre seus produtos. 

Afinal, quem realiza a compra em um site poderá comprar mais itens para aproveitar condições especiais de pagamento ou frete, por exemplo.

Quem pode vender em Marketplace?

De modo geral, todas as modalidades de negócio podem vender em marketplace, de micro a grandes empresas. Mas as regras mudam de acordo com cada canal de vendas, por isso, é importante consultar as regras do canal que deseja vender. 

Com o crescimento do e-commerce, os microempreendedores individuais também querem estar presentes no varejo online e o MEI pode vender em alguns marketplaces sim. É preciso atentar ao limite anual e mensal do MEI para não extrapolar os limites estabelecidos para a modalidade. 

Como o Marketplace funciona?

Para vender no marketplace, primeiramente, é necessário que o lojista se cadastre na plataforma. 

Por ser um domínio que deve manter uma certa homogeneidade no atendimento ao cliente, o varejista poderá ter de se adaptar aos modelos estabelecidos por essa plataforma, seja na questão visual ou em formas de pagamento e entrega do produto.

Por conta de normalmente ser uma empresa de grande porte, o marketplace também auxilia no relacionamento entre varejista e cliente, oferecendo uma segurança maior para as duas partes. 

Desta forma, ao contrário do e-commerce, que está focado na venda do produto, o marketplace está baseado normalmente na intermediação das vendas.

Mesmo com a praticidade que os marketplaces oferecem, gerenciar um negócio envolve muito processo de gestão interna, ou seja, manter os processos organizados é fundamental para melhorar a experiência do consumidor e manter seu estoque, caixa e entrega organizados. 

Por isso, alguns cuidados devem ser tomados para o sucesso nas vendas:

  • Cuide da logística e fique de olho nos prazos de entrega. A logística é um fator determinante para quem deseja oferecer um bom serviço. Afinal, é necessário respeitar os prazos de entrega para não sofrer punições ou uma má reputação.
  • Fique atento ao gerenciamento de contas do negócio. Apesar do marketplace trazer diversas funcionalidades e a possibilidade de automação de alguns processos, isso não significa que você não precisa ter um pouco de atenção.
  • Fique de olho na taxa de comissionamento. Saiba bem qual é a taxa de comissionamento que deve ser paga ao marketplace, para que você consiga, inclusive, precificar adequadamente os seus produtos.

5 dicas para vender em Marketplaces

Quer ter mais sucesso ao vender seus produtos em um marketplace? Separamos algumas dicas que vão ajudá-lo a alavancar as vendas.

  1. Faça descrições completas dos produtos 

Quanto mais informações – e apresentadas de forma clara – a descrição do seu produto tiver, maiores as chances de conversão!

  1. Use fotos que se destaquem em meio à concorrência

Boas fotos do produto, além de chamar a atenção do consumidor, ajudam a eliminar dúvidas sobre os produtos e passam mais confiança. 

  1. Faça seu cadastro como um parceiro no Marketplace

Ao fazer o seu cadastro em um marketplace, não deixe de selecionar a opção de parceiro para começar a vender os seus produtos.

  1. Cadastre e venda seus produtos

Com os produtos devidamente cadastrados na plataforma, você poderá vendê-los com muita praticidade.

  1. Não se esqueça de ter presença de marca

Um dos pontos apresentados como negativos do marketplace é a predominância da plataforma sobre o visual da marca. No entanto, é possível colocar a marca da sua loja em seus produtos, criando um vínculo entre sua empresa e o consumidor.

Dica: confira nosso post sobre como fazer um bom anúncio para vender em mais nos marketplaces.

Plataformas de Marketplace

Um dos principais fatores para o sucesso nas vendas em marketplaces é a escolha mais adequada para o seu negócio. 

No mercado existem diversas plataformas com propostas distintas e outros marketplaces focados em categorias específicas, os marketplaces de nicho.

Você já deve ter ouvido e visto propostas de diversos marketplaces mais famosos como: 

Como controlar as vendas no marketplace?

A integração de marketplace é uma importante ferramenta para quem deseja aumentar suas vendas e atingir novos mercados. 

Ao expor seus produtos ou serviços em mais de um lugar, contando com a confiança e tradição de uma plataforma já conhecida pelo cliente, você aumenta as chances de conquistar novos clientes ao mesmo tempo que pode continuar realizando transações com consumidores fidelizados.

A gestão da sua loja em marketplace também fica simplificada, uma vez que boa parte do processo é feita diretamente pela plataforma. Sendo assim, o lojista pode se focar em oferecer o melhor serviço e os melhores preços, tornando-se mais competitivo.

A tendência é os marketplaces crescerem cada vez mais, já que os consumidores procuram confiança para efetuar suas compras com recorrência. Além do mais, os marketplaces são vantajosos, tanto para quem compra, quanto para quem vende, facilitando a procura e a oferta de produtos.

Ficou na dúvida sobre começar, confira esse vídeo com a opinião de quem já vende nas plataformas: