O ano 2020 já está batendo a porta, e a grande meta para quem trabalha no comércio eletrônico é aumentar as vendas para o negócio crescer e prosperar sempre mais. Algumas estratégias são importantes para iniciar o ano novo projetando bons negócios e obtendo crescimento em vendas. Confira algumas dicas interessantes:


1) Metas de venda


Alinhar as metas é sempre importante para entender quanto você precisa vender para obter lucros. Com as metas bem estabelecidas, é preciso organizar os esforços para fazer o objetivo se tornar real. Nesta etapa é importante manter os pés no chão, e aumentar as metas conforme elas vão sendo alcançadas, e não supor objetivos muito altos e acabar frustrando a equipe.


2) Crie estratégias inteligentes


Após a criação das metas, é hora de ter em mãos um plano de estratégias para fazer com que tudo se concretize. Aumentar o número de marcas que trabalha, trocar fornecedores ou criar promoções, podem ser estratégias de venda para que a cada mês o objetivo de venda seja cumprido. Ao final de cada período, será possível acompanhar a evolução do negócio em relação às metas estabelecidas.


3) Prospecte novos clientes


Quem trabalha com vendas sabe que o esforço de conquista de clientes é constante. Para que isso ocorra é preciso desprender muita dedicação. Entre suas metas, defina um número de novos clientes a prospectar a cada mês para apresentar seu produto. É importante investir tempo e energia para novos clientes que acabarão por gerar mais renda ao seu negócio e ampliar a rede de contatos que é criada na empresa.


4) Venda em múltiplos canais


No e-commerce quanto mais seu produto e sua loja são vistos, mais eles são vendidos. Vender apenas na loja virtual não é mais suficiente para o cliente omnichannel. Ele precisa ter acesso ao seu produto em diferentes canais para tornar-se cliente e reconhecer sua marca. Se você está integrado a um marketplace e acha suficiente, tente integrar-se a diversos, e verá o resultados nas vendas.


5) Organize seu negócio


Controlar vendas, estoque, entradas e saídas da empresa é premissa básica para atacar em novas frentes e projetar novos rumos para o negócio. Através de um sistema de gestão, a automatização destes e de outros processos torna-se eficiente e sua empresa passa a ter melhores resultados.


Tendências para o ano 2020


As tendências e novidades na área do e-commerce não param de surgir, já que será o ano em que os Marketplaces serão responsáveis por 40% do mercado de varejo. Confira algumas tendências do mercado para ficar de olho:


1) Assistentes virtuais


Diversas marcas lançaram atendimento inteligente e o consumidor se acostuma ao atendimento por chatbots, devido a praticidade e agilidade das demandas. Algumas empresas já alegam que além de otimizar o atendimento, os bots diminuem o fluxo de solicitações repetidas. Portanto, apostar em bots de atendimento é uma estratégia que tem dado certo e economiza tempo e dinheiro da empresa.


2) Logística otimizada


A experiência de compra, tão estimada pelo consumidor, está diretamente ligada ao processo de logística: o recebimento da compra. Algumas soluções são cada vez mais utilizadas, como os ‘pontos de retirada’ de produtos, ou seja, compra no site, retira na loja. Isso diminui o preço do frete e torna a compra do produto mais acessível para o consumidor e menos complicada para as empresas. Essa descentralização logística projeta ainda mais a experiência do consumidor online e off-line.


3) Voice Search Marketing


A pesquisa através de voz já é uma realidade, estima-se que em 2020, o meio será responsável por metade das pesquisas de compra realizadas através Google. Esse comportamento é acelerado pelos assistentes pessoais, que identifica a necessidade e realiza pesquisa segundo comando de voz. É válido sua estratégia de canais estar preparada para atender este consumidor, já que o e-commerce que mais se beneficiará dessa tendência.


Quando falamos em tendências, é claro que sempre se deve avaliar quais estratégias fazem sentido ao seu negócio. É importante gerar valor através da confiança com os produtos que o seu e-commerce é especialista. O consumidor ganhou voz na internet e é essa voz que pode propagar as boas e também as más impressões das lojas. Ganhe a confiança do consumidor e ele mesmo será porta-voz do seu negócio.


Por isso, o empreendedor deve dispor de tempo e energia para projetar novas estratégias ao negócio e deixar as tarefas manuais de gestão automatizadas. Fazer a gestão da sua loja virtual através de um sistema de gestão como o Bling torna o trabalho mais produtivo e assertivo, desde o cadastro dos produtos, controle de estoque até a logística e integrações. Faça um teste grátis de 30 dias e confira as facilidades dos processos e ganhe mais autonomia para gerir seu negócio.