Um sistema de gestão empresarial se tornou uma ferramenta essencial para qualquer empresa, independentemente do setor de atuação ou número de funcionários.

Em uma rotina que envolve cadastro de clientes, controle de estoque, fluxo de caixa, logística e administração fiscal, todo auxílio é bem-vindo. E o papel de um sistema de gestão é exatamente esse: ajudar.

Muitos empreendedores, no entanto, não sabem o que é sistema de gestão nem como ele pode facilitar o dia a dia de uma companhia. É isso que vamos mostrar neste texto. Acompanhe!

O que é um sistema de gestão empresarial?

O sistema de gestão empresarial é uma ferramenta que permite organizar os processos e otimizar a rotina de uma companhia.

Com um sistema de gestão empresarial, todas as informações ficam concentradas em um só lugar, integrando atividades e setores em uma única plataforma.

Quais as vantagens de um sistema de gestão empresarial?

A possibilidade de centralizar as principais informações em um só lugar é uma das principais vantagens que um sistema de gestão empresarial traz para uma companhia. Isso fornece uma visão ampla sobre o negócio e evita retrabalhos.

Além disso, outras vantagens de um sistema de gestão empresarial são:

  • redução da burocracia nas atividades;
  • aumento do controle do que está sendo feito;
  • permite a padronização de processos;
  • traz mais competitividade;
  • torna o negócio mais seguro.

Para o que serve o sistema de gestão de empresas?

Na prática, o sistema de gestão de uma empresa serve para aprimorar as atividades que são exercidas no dia a dia. Veja como:

Integração das áreas da empresa

A integração entre os setores traz muitos benefícios para uma empresa. Ela evita falhas de comunicação, comum entre equipes que ainda trabalham de forma manual. Sem a necessidade de preencher planilhas, o tempo é otimizado e os riscos são reduzidos. Empresas que passam a usar um sistema de gestão empresarial ganham em logística, pois têm mais controle de estoque.

Otimização de uso do capital de giro

Com a logística otimizada, por exemplo, os custos são mais previsíveis, visto que os erros são menos frequentes. Assim, há menos necessidade de utilizar o capital de giro para suprir demandas adicionais.

Apoio às tomadas de decisão

Além de otimizar processos, o sistema de gestão empresarial coleta e armazena informações importantes. Assim, gestores e líderes podem ter uma visão clara sobre os resultados da empresa. Com o controle de produtividade, gastos e faturamento é possível tomar decisões que podem determinar o crescimento do negócio.

Aumento do lucro e redução de custos

Sistemas de gestão empresarial tornam atividades de rotina mais simples e rápidas. Assim, toda a equipe passa a ser mais produtiva e tem mais tempo para se concentrar em atividades relevantes. O processo de trabalho instaurado por meio dessa plataforma também diminui os riscos. Com isso, o empreendedor é beneficiado com a redução de custos desnecessários.

Organização operacional

A tecnologia de um sistema de gestão contribui para a organização operacional como um todo. Com processos mais definidos, todos trabalham com mais fluidez. O empreendedor, por sua vez, também consegue determinar e acompanhar as responsabilidades de cada funcionário, bem como os custos de cada procedimento.

Controle de notas fiscais

O controle fiscal de uma empresa é um processo fundamental para a saúde financeira e para evitar problemas com os órgãos responsáveis. Quando esse controle é feito de forma manual, erros podem acontecer. O uso de um sistema de gestão empresarial reduz essa possibilidade e desburocratiza uma das etapas mais trabalhosas para o empreendedor.

O que é ERP (Enterprise Resource Planning)?

Nem toda empresa é igual, por isso existem tipos de sistema de gestão para diferentes necessidades. O ERP (Enterprise Resource Planning, ou Planejamento de Recursos Empresariais) é um deles.

O ERP contribui para a organização logística, gestão financeira, controle de estoque, gestão de vendas, cadastro de clientes e fornecedores, emissão de notas e integração com marketplaces e plataformas de uma empresa. 

Assim, dado que o controle fiscal, financeiro e logístico é fundamental para a sobrevivência de uma empresa, esse é um sistema de gestão base para qualquer negócio. Com a ferramenta certa, o empreendedor centraliza todos os impostos, as entradas e saídas que definem a saúde financeira da companhia. 

Além disso, o ERP também facilita a comunicação entre estoque, faturamento, entrega e vendas. Essa plataforma, naturalmente, diminui imprevistos e gastos enquanto aumenta a produtividade e o faturamento.

Outros tipos de sistema empresarial

O CRM (Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) também é um sistema empresarial, mas focado na base de clientes.

Esse modelo de plataforma oferece uma visão completa da relação que a empresa tem com o cliente por meio de histórico de ações e dados que são fornecidos durante o processo de vendas.

Como escolher o melhor sistema de gestão empresarial?

O empreendedor que precisa escolher um sistema de gestão deve levar em conta as necessidades e características da empresa.

Não existe uma fórmula para escolha de sistema de gestão empresarial, mas a análise de alguns pontos ajuda a tomar a melhor decisão

Conheça os pontos fortes (e nem tão fortes) do seu negócio

Ninguém conhece sua empresa como você. O giro de estoque está sob controle? A emissão de notas funciona como deveria? A gestão dos dados está sendo feita corretamente? É importante saber o que precisa de atenção na sua gestão empresarial como um todo para escolher o sistema que atenda a essas necessidades.

Busque a proteção dos seus dados

A computação em nuvem é um fenômeno dentro das empresas de todos os setores, trazendo mais segurança e menos custos. Ao buscar um software para gestão empresarial, não é diferente. Um ERP em nuvem, por exemplo, pode ser acessado remotamente com toda proteção necessária e ainda conta com backups diários, garantindo a recuperação mesmo em caso de falhas no servidor.

Contrate um sistema completo e prático

Não adianta contratar um serviço de gestão incompleto que ainda vai exigir muitos trabalhos manuais. Afinal, essas plataformas devem trazer facilidade e tornar os processos internos mais automatizados. Até por isso é importante destacar que a praticidade no uso também é importante. As ferramentas devem ser simples já que vão ser usadas por todos.

Necessidade do seu negócio

Aqui é preciso analisar as necessidades específicas do seu negócio. A escolha do sistema de gestão empresarial tem que levar em consideração o que a sua companhia precisa. Para isso, é fundamental saber qual é o principal objetivo ao usar uma ferramenta como essa.

Ainda na dúvida? Responda esse Quiz para ter um diagnóstico rápido e simples do seu negócio: https://bit.ly/3pQfaI6

O Bling! é um ERP e você pode testar grátis!

Sistemas de gestão são fundamentais para o desenvolvimento de empresas de todos os tamanhos. Inclusive, micro e pequenas empresas, por terem um fluxo de caixa apertado, necessitam dessas ferramentas, tanto quanto suas concorrentes maiores.

O Bling! entende as necessidades do empreendedor, oferecendo um sistema que simplifica a emissão de notas fiscais, facilita a gestão de estoque e ainda permite integração com os principais plataformas de e-commerce e marketplaces.

E o melhor: você pode testar de forma gratuita agora mesmo!