Você é um micro ou pequeno empreendedor que quer começar a vender na Amazon ou que deseja aumentar suas vendas? Então, chegou ao lugar certo!

Isso porque, no artigo de hoje nós vamos trazer um verdadeiro Checklist de Fatores de Sucesso Amazon, para que você saia na frente na sua estratégia de vendas nesse marketplace.

Afinal, se antes a Amazon era conhecida apenas pela venda de livros, hoje ela é uma empresa referência no comércio online e físico.

Atualmente, a gigante se tornou uma das principais opções não só dos consumidores, mas também dos lojistas que desejam ganhar credibilidade e aumentar suas negociações no mercado online.

Por isso, é essencial ficar por dentro das melhores práticas para se dar bem na plataforma e ter motivos de sobra para comemorar. 

É importante acentuar que, ao seguir esse checklist de Fatores de Sucesso Amazon, com certeza as suas chances de ganhar a oferta em destaque podem aumentar. 

No entanto, isso não configura uma garantia, já que o sucesso da estratégia depende de inúmeros fatores, como veremos ao longo do texto.

Muito bem, agora que você já entendeu a nossa proposta com esse conteúdo, vamos partir para a prática?

Antes de tudo, integre a sua loja virtual na Amazon

Por meio do Bling ERP, você consegue configurar seu e-commerce no marketplace da Amazon, o deixando preparado para configurar produtos e pedidos da sua loja virtual. Siga esse passo a passo:

1. Realize as configurações iniciais, permitindo a habilitação da loja virtual

Após configurar sua conta na Amazon, é pertinente seguir alguns passos:  

2. Faça a avaliação do produto que será enviado à Amazon

Uma vez que você envia um produto para a Amazon, é necessário avaliar se a marca do item deve ser cadastrada na plataforma de marketplace, assim como se é preciso pedir o EAN, seguindo duas etapas: o Registro de Marca e Solicitação de isenção do EAN.

3. Integre os produtos entre a Amazon e o Bling

No momento de integrar os produtos entre o Bling e a Amazon três situações podem ocorrer, assim, verifique qual é o seu cenário (as orientações são exclusivas para cada situação) e aplique as devidas orientações: 

Situação 1

Acontece quando você vai cadastrar os produtos no Bling ou então quando você já os possui no Bling e necessita mandar para a loja.

Nesse caso, a exportação dos dados é o mais ideal, então, faça o seguinte:

Situação 2

Aqui os seus produtos já estão dentro da loja, você só precisa movê-los para o Bling. Logo, realize a importação dos produtos fazendo esse esquema:    

  • Vincule as categorias e campos customizados;
  • Confira os requisitos;
  • Importe;
  • Configure as preferências da loja.

Situação 3

Nesse último caso, tanto a loja como o Bling já estão com os produtos cadastrados, faltando apenas conectá-los, através de um vínculo manual com ID:

4. Efetue o gerenciamento de produtos

Dado que os produtos estejam vinculados com a loja, a atualização dos preços e estoque já pode ser feita por você. Para tal, basta selecionar os produtos quando preferir e sincronizar com a loja virtual. Porém, cuide também em:

Extra 1: atualizar os preços

Extra 2: atualizar o estoque

5. Conclua com o gerenciamento de pedidos

O último passo é formado por sete mini-passos que precisam ser seguidos um a um:

  1. Configuração das preferências da loja;
  2. Importação dos pedidos;
  3. Gerenciamento da logística de envio;
  4. Emissão de notas fiscais;
  5. Envio dos dados de venda para a loja virtual;
  6. Lançamento do estoque no depósito e;
  7. Lançamento das contas no campo de finanças.

Trabalhe na seleção de produtos

O intuito da Amazon é oferecer uma experiência única ao cliente, e uma dessas maneiras é através das melhores práticas efetivadas pelo seller na seleção dos seus itens para venda.

Por isso, na hora de criar uma seleção de produtos, é relevante que você se preocupe com alguns pontos, como colocar o identificador da mercadoria, como o UPC, ISBN ou EAN.

Com esses códigos, a Amazon consegue listar com precisão qual produto está sendo vendido na sua página de vendas.

Em alguns casos, basta realizar o match automático do produto com o código na Seller Central. Isso se aplica, por exemplo, quando o item que você está comercializando já se encontra na base de dados, ou seja, já há um mesmo produto como aquele.

Além disso, cabe destacar que a Amazon trabalha com duas categorias de estratégias de vendas, onde o vendedor pode ser proprietário de uma marca ou um distribuidor.

Se você deseja vender na plataforma como distribuidor, deve então fazer uma seleção com os melhores produtos disponibilizados por outros fabricantes e, depois, publicar seus anúncios no site.

Por outro lado, se sua meta é negociar como proprietário de uma marca, isso significa que você é um fabricante independente, assim como pode ser alguém que venda os itens sob marca própria.

Para trabalhar como proprietário, é possível fazer o registro da sua marca através do link https://brandservices.amazon.com.br/ .

De um jeito ou de outro, ambas as condições demandam uma seleção exclusiva, que encante o público-alvo do seu e-commerce.

Em ambos os casos, a Amazon se preocupa com a experiência do cliente, portanto, selecionar os melhores produtos e de forma estratégica pode aumentar suas chances de saída.

Capriche na qualidade do catálogo

Visando que uma página de detalhes seja preenchida com dados de qualidade, aumentam-se as chances do SEO posicionar o anúncio em posições estratégicas, o que pode levar o usuário a acessar seu produto.

Esses são os quatro elementos que tornam uma página de detalhes rica e chamativa:

1. Título do produto

Em relação à pesquisa de produtos pelo cliente, a página de detalhes requer o uso de um título bem construído.

Inclusive, essa parte é uma das principais para medir a relevância de uma página de detalhes nos mecanismos de pesquisa.

Um título bem construído apresenta informações claras, separadas, intuitivas e explicativas.

Ademais, títulos elaborados estrategicamente facilitam a jornada de compra do consumidor, sendo muitas vezes decisivo na hora dele optar por uma mercadoria.

2. Imagem

As imagens são úteis para o cliente avaliar os recursos adequados dos produtos de vendedores distintos. Logo, vale a pena investir em fotos nítidas, que mostrem os vários ângulos do item.

3. Marca

Os consumidores costumam ser exigentes e isso se aplica na escolha de um item pela marca que ele possui.

Tido como um ponto de decisão, a marca deve estar presente não apenas no título, descrição e marcadores, visto que o local específico demanda o preenchimento desse componente.

4. Descrição do item com lista de marcadores

Assim como a Amazon valoriza bastante um título bem elaborado, isso vale também para a descrição do produto.

Além de uma boa descrição, a plataforma e buscadores externos avaliam positivamente os itens com detalhes em forma de marcadores, os bullet points. Até porque, este é um critério de comparação entre vendedores/produtos.

Configure a precificação automática

A precificação automática permite que os preços de código SKU tenham ajuste automático, respondendo assim a demandas como preço da Oferta em Destaque (Buy Box).

E isso é possível sem a necessidade de ter que revisar o código SKU sempre que for preciso alterar o preço.

A partir dos tutoriais de Introdução à Precificação automática e Edição de Regras de precificação, é possível criar as regras de precificação, definindo as diretrizes e selecionando os códigos SKU a que eles se aplicam.

Organize a parte do tempo e custo de envio de produtos

Sem dúvidas, ao comprar um produto na internet, o cliente procura por um vendedor que se preocupe com a parte logística e do custo de envio dos itens.

Por isso, a Amazon dispõe de duas funcionalidades pensadas para agilizar esses processos, fortalecendo a experiência do consumidor.

FBA

O FBA – Logística da Amazon, é um sistema logístico da Amazon, no qual os vendedores elegíveis podem enviar produtos para os Centros de Distribuição da plataforma, de modo que o marketplace cuida de todos os processos de envio.

Além de ganharem o selo Prime, os vendedores podem aproveitar vantagens, como um atendimento pós-vendas feito pela Amazon, o que permite maior tempo para planejar ações voltadas ao desenvolvimento do negócio.

DBA

O DBA – Delivery by Amazon viabiliza que o seller se concentre apenas na venda mercadorias, embalando-as e imprimindo a etiqueta, já que a etapa de entrega fica por conta do marketplace. 

Entre os benefícios do DBA, temos condições de compra mais atraentes, entregas mais rápidas e completamente rastreáveis, além de múltiplas opções de fretes grátis.

Invista no impulsionamento das vendas

Por último e, não menos importante, é de extremo valor a busca pelos quatro meios de impulsionamento das vendas na plataforma da Amazon.

Esses são, portanto, 04 métodos diferentes do vendedor aumentar a visibilidade dos seus produtos, o que leva a maiores oportunidades de venda. Entenda como configurar cada um deles.

1. Anúncios pagos

Os anúncios patrocinados da Amazon funcionam como propulsores da sua marca, aumentando as vendas e controlando os custos.

Acessar a página de Publicidade da plataforma é o primeiro passo. Em seguida, o seller pode:

  • Abrir a opção “Publicidade” se deseja criar uma Stores. O processo continua com o seguimento dos manuais para criação da sua primeira página;
  • Caso a preferência seja pelo Sponsored Products, é necessário escolher os produtos, decidir entre segmentação automática ou manual e quanto quer pagar por clique.

Uma das vantagens desta função dos anúncios se refere à possibilidade de fazer um orçamento que caiba no seu bolso, dado que o custo desse recurso dá por clique. Assim sendo, dar para dimensionar os gastos com essa ferramenta, sem deixar de aproveitar os benefícios.

2. Ofertas

Existem duas formas de se criar e mandar ofertas relâmpago no Painel de controle das Ofertas especiais.

Aliás, há quatro maneiras de elaborar e enviar uma Oferta Especial, Assim, lembre-se que, ao Criar uma nova Oferta especial no Painel de controle das Ofertas especiais, você deve:

  1. Selecionar os produtos ofertados;
  2. Agendar a oferta especial;
  3. Configurar a oferta especial e;
  4. Revisar e enviar.

É imprescindível que você se atenha a outros detalhes no momento de configurar uma oferta especial, como:

  • Selecionar corretamente os produtos qualificados;
  • Ajustar partes da variação do produto; 
  • Efetuar o agendamento da Oferta especial;
  • Fixar o preço da Oferta especial.

3. Cupons

Para criar cupons em massa, o seller deve realizar os seguintes procedimentos:

  1. Acessar Anúncios, depois em Cupons;
  2. Criar novo Cupom > Sessão criar em massa > seguido do download do arquivo de modelo;
  3. Preencher e salvar a planilha de acordo com o formato planilha.xls.;
  4. Depois, acesse  Escolher Arquivo >  selecione o arquivo arquivo.xls salvo e faça upload;
  5. Após processar a planilha, verifique se a plataforma subiu os cupons com êxito. Se não, corrija os erros e teste novamente. 

4. Promoções

Para criar uma promoção na Amazon, clique no campo de vendedor > Anúncios > Promoções > Cria Promoção > Escolha o tipo de promoção que deseja criar.

Após isso, você deve seguir três etapas:

Seleção das condições

Parte onde você pode escolher entre as opções “No mínimo esta quantidade de itens” e “No mínimo este valor (na moeda)”. 

Nessa lista suspensa você pode escolher uma lista que não esteja incluída na lista suspensa ou então selecionar todos os itens do inventário na opção “Todo o catálogo”.

Dar também para habilitar um desconto promocional ou o famoso “Compre 1 e leve 2”.

Agendamento da promoção

Campo que possibilita agendar hora de início e término da promoção.

Ajustar opções adicionais

Componente que permite revisar os itens anteriores, enviando as preferências da promoção. 

O Bling! apoia o empreendedor no cumprimento do Checklist de Fatores de Sucesso Amazon

Esse foi o conteúdo que preparamos para você, micro e pequeno empresário que deseja está começando a vender na Amazon, como também para aqueles que já vendem na plataforma e almejam aumentar suas vendas.

Ressaltamos que o cumprimento desses itens não assegura que seus produtos sejam selecionados na buy box, mas garantimos que as chances dele se sobressair são bem maiores ao se adotar as práticas descritas ao longo do texto.

Desejamos sucesso nessa jornada. Conte sempre com o Bling para alavancar a sua as vendas da sua empresa!