Seja em uma pequena ou grande empresa, o controle de estoque é essencial para uma gestão de produção eficiente. Isso porque é possível gerenciar movimentos de entrada e saída, reduzir perdas, melhorar a comunicação entre as áreas e, claro, aumentar a produtividade de maneira geral.

Apesar da sua importância na gestão de um negócio, o controle de estoque pode gerar algumas dúvidas. Afinal, essa atividade precisa ser feita de forma cuidadosa e com o mínimo de erros possível.

Então, se você deseja fazer um controle de estoque eficiente em sua empresa, é necessário entender como essa prática funciona.

Por isso, o Bling preparou um post especial sobre o assunto. Aqui, você vai encontrar o conceito de controle de estoque e mais dicas para otimizar e melhorar a gestão da sua empresa. Continue a leitura para conferir!

O que é controle de estoque?

É uma área da empresa que apura e planeja o movimento de entrada e saída de mercadorias em uma indústria ou comércio. Muito mais do que isso, o controle de estoque serve para registrar e controlar a demanda de produtos, sem causar prejuízos com perdas e desvios de logística.

Esse tipo de controle pode aparecer em duas modalidades diferentes. A primeira é o controle de estoque de matérias-primas, que geralmente fica responsável pela produção industrial. Já a segunda é o controle de estoque de produtos, que costuma beneficiar o comércio varejista.

Pode parecer óbvio, mas essa é uma prática de extrema importância para apurar as movimentações logísticas de armazéns, self storages ou almoxarifados. Um estoque controlado pode oferecer informações precisas sobre o mercado e também sobre o lucro líquido obtido no final do mês contábil.

Dicas exclusivas: como fazer controle de estoque

Você sabe como fazer controle de estoque? Independentemente da resposta, é sempre importante conferir algumas dicas para otimizar essa área da empresa. Confira algumas sugestões que o Bling tem para você:

1. Utilize um ERP de gestão empresarial

Você já ouviu falar de ERP? Esse sistema de gestão empresarial integra e controla diversas frentes de um negócio, inclusive o controle de estoque. Além disso, essa tecnologia pode ser ideal para lojistas que precisam gerenciar múltiplos estoques da sua empresa ou e-commerce.

O Bling, por exemplo, controla o estoque das vendas em marketplaces, lojas virtuais e lojas físicas de forma simples e centralizada. Se houver uma venda, a disponibilidade do produto em cada canal é atualizada automaticamente, evitando erros nos processos e reduzindo a armazenagem de itens desnecessários.

2. Mantenha um controle visual das mercadorias estocadas

Organizar o estoque por meio de um controle visual permite enxergar a rotina da cadeia de produtos de maneira simples e resumida. Assim, fica mais fácil identificar problemas, falta de produtos e demandas prioritárias.

Um dos métodos para adotar no seu controle de estoque é o Kanban. Esse sistema de gestão visual consiste em colocar referências visuais em produtos, lugares comuns e murais da linha de produção. É possível utilizar desde post-its até grandes placas coloridas que servem para demonstrar o status de determinada tarefa.

Dessa forma, você consegue monitorar aquilo que está sendo feito e identificar rapidamente um problema. Essa é uma solução manual e, portanto, pode ser um bom ponto de partida para empresas que estão começando e tem poucos produtos para controlar.

3. Organize as entregas com o QR Code

O código de barras bidimensional do QR Code é facilmente escaneado por dispositivos móveis equipados com câmera. Quando lido, o código é convertido em texto, site, contato ou localização.

Na gestão de estoque, o QR Code pode ser usado para incluir mais informações, como descrição de produto, lote de fabricação, data de validade etc. Assim, fica mais fácil organizar a área de armazenamento, controlar movimentações de produtos e até simplificar o processo de inventário.

Vale lembrar que, antes de utilizar o QR Code, é importante planejar uma forma de integração entre os processos. Você pode utilizar um software como o ERP para centralizar as informações ou um banco de dados que faça gestão integrada de todas as informações.

Para saber como fazer isso utilizando o Bling, acesse o manual e veja como fazer esse processo de maneira simples.

4. Faça uma previsão das demandas

Um controle rígido de estoque envolve analisar as vendas para planejar melhor a compra de produtos. Assim, sua loja, por exemplo, não corre o risco de ficar sem itens ou com excessos de mercadorias.

Uma das dicas para prever as demandas é levar em conta as sazonalidades, como datas comemorativas, feriados e férias. Além disso, também é importante trabalhar com um fornecedor de confiança, para não deixá-lo na mão quando você mais precisar.

Agora que você sabe mais sobre controle de estoque, aproveite para ler o conteúdo sobre metodologias de controle de estoque e escolher o formato que mais combina com as suas estratégias de negócio.