As vendas online ou offline dependem de uma série de códigos para que a emissão e comprovante da venda seja feito de maneira correta. Sejam em vendas no estado, ou vendas interestaduais, é preciso entender os códigos para estar em dia com a fiscalização. 

Neste artigo, vamos entender um pouco mais sobre o CFOP 5101. Confira!

O que é o CFOP 5101?

O CFOP (Código fiscal da operação) 5101 refere-se à venda de produção do estabelecimento. Ou seja, produtos industrializados no estabelecimento. Também se encaixam neste código as mercadorias de estabelecimentos industriais, como cooperativas que podem destinar as vendas aos cooperados ou a outra cooperativa.

Quando usar CFOP 5101

Se utiliza o CFOP o negócio que dispõe de venda de produção feita no estabelecimento e que as vendas serão feitas dentro do mesmo estado.

Como dar entrada no CFOP 5101?

Se o produto estiver com CFOP 5101 na entrada será 1101 para produção ou 1102 para revenda.

CFOP 5101 e CFOP 6101: qual a diferença?

Ambos os códigos se referem a venda de produção feita pelo estabelecimento, a diferença entre os dois é que o 5101 é para operações dentro do estado, e 6101 para operações fora do estado:

Perguntas frequentes sobre CFOP 5101

Qual CSOSN usar para CFOP 5101?

CSOSN 101 e 102 para todas as operações que são tributadas, como vendas, por exemplo.

CFOP 5101 tem substituição tributária?

Quando a empresa vende para consumidor final, não há substituição tributária. Pode-se acompanhar os tipos de tributo para ter maior esclarecimento.

Quais CFOP são admitidos para cada CST?

As combinações entre CFOP e CSTs são grandes. Elas podem admitir combinações diferentes, por isso deve sempre levar em consideração as particularidades de casa transação e mercadoria. 

Por exemplo: a CFOP 1.101 admite as seguintes possibilidade de CST (que indicará a tributação na saída):

  • 00 – tributação integral;
  • 10 – tributação com cobrança de ICMS por substituição tributária;
  • 20 – tributação com redução de base de cálculo;
  • 30 – isenção ou não tributação e com cobrança de ICMS por substituição tributária;
  • 40 – isento;
  • 41 – não tributado;
  • 50 – suspenso;
  • 51 – diferimento; e,
  • 90- outras.

Qual o CFOP de devolução para o CFOP 5101?

Para a devolução de CFOP 5201 pode-se utilizar o CFOP 2201 uma mercadoria que foi comprada para industrialização.

Qual a diferença entre CFOP 5101 e CFOP 5102

Ambas representam operações de venda de seu município para o estado. Porém a diferença é que a 5101 indica venda de produção do estabelecimento e a 5102 indica uma venda de mercadorias adquiridas ou recebidas de terceiros.

Conclusão

Para uma gestão contábil fácil conte com um sistema de gestão que auxilia o seu negócio de maneira prática e segura. Também é válido ter o acompanhamento de um contador. O planejamento tributário é necessário para que o negócio prospere de maneira saudável.