empreendedores que estão começando

Os empreendedores que estão começando são ansiosos e querem fazer tudo de uma vez, contudo, é preciso ir com calma para que o negócio cresça de maneira sustentável, sem comprometer a sua saúde, os seus relacionamentos e o seu bolso.

Errar é natural, mas muitas vezes uma sequência de erros que poderiam ser evitados acaba por levar o seu sonho ao chão, por isso selecionamos os erros mais comuns cometidos pelos empreendedores que estão começando, acompanhe:

Foco só na ideia

Ter uma boa ideia não basta para sair montando um negócio. É preciso verificar se essa ideia é viável, se há público interessado nela e se você tem perfil para tocar o barco até que as coisas deslanchem de vez.

Sendo assim, consulte outras pessoas a respeito do seu projeto, pergunte para amigos e familiares o que eles pensam de um produto ou serviço como o que você deseja lançar, mas sem contar que é você quem deseja abrir o negócio, pois é possível que as pessoas acabem mentindo para você para não magoá-lo.

Uma outra maneira de fazer uma pesquisa de mercado é lançar pesquisas na internet, pelo Google Forms, por exemplo.

As pessoas respondem e você tem uma visão mais ampla do que elas realmente pensam sobre a sua ideia.

Não saber identificar a vantagem competitiva

Pode ser que o seu negócio tenha vários concorrentes, por isso é importante saber identificar quais são os diferenciais do seu negócio.

O que ele tem que os outros não têm? Que vantagens ele oferece?

Para ganhar Market share você precisa demonstrar que a sua empresa é a melhor, com dados, fatos e argumentos plausíveis, nada de dizer que é a melhor porque é sua, hein?

Planejamento estratégico falho

Se você é um dos empreendedores que estão começando o primeiro passo  é desenvolver um plano de negócios, ou seja, um documento que demonstre a viabilidade do seu negócio, como ele vai se perpetuar no tempo e como vai auferir lucros.

Se você não destinar um tempo para fazer este planejamento, pode ser que você venha a descobrir que faliu antes mesmo do primeiro mês de operação.

O maior impacto de um planejamento estratégico mal feito é no financeiro, ou seja, no coração do seu negócio.

Precificação equivocada

Para ser competitivo no mercado, um dos itens a ser observado é o preço dos seus produtos e serviços.

Você pode precificá-los de acordo com a média cobrada no mercado, mas o ideal é mensurar quais são seus gastos reais para colocar o seu negócio em operação e qual é a margem de lucro que você almeja obter.

Sem essa análise, seus preços podem ser muito caros, barrando as vendas, ou muito baratos, não suportando manter toda a sua operação em pleno funcionamento.

Parcerias, pra quê te quero?

Muitos empreendedores que estão começando têm medo de ver suas ideias roubadas, e assim deixam de ganhar parceiros essenciais para o seu negócio por não compartilhar seu conhecimento e suas ideias.

Concorrência sempre haverá no mercado, então saia na frente e alie-se a quem pode trazer benefícios para o seu negócio.

Apresente seu projeto para investidores e mostre que o seu negócio é realmente rentável e vai trazer resultados para todos.

Confiar em acordos verbais

Empreendimentos nascem de todos os lados, e muitos deles na garagem de casa. Como o negócio é ainda incipiente, alguns empreendedores confiam em acordos verbais, com vizinhos, parentes ou conhecidos, e acabam sendo prejudicados pela falta de pagamento, falta de fornecimento de matéria prima, entre outras situações.

Pior, acabam perdendo uma amizade por um negócio mal resolvido. Sendo assim, faça tudo como deve ser. Formalize sua empresa, estabeleça contratos de prestação de serviços e proteja-se de possíveis golpes.

Empregar a família

Puxa, um negócio familiar é super legal hein? Mas a história e o mercado já mostraram que é um empreendimento condenado a disputas internas, que cedo ou tarde terá que sofrer drásticas mudanças para continuar crescendo no mercado.

Sabendo disso, contrate profissionais qualificados para atuar na sua empresa, assim você garante qualidade e profissionalismo, além, é claro, de não comprometer os relacionamentos interpessoais.

Descuidar do fluxo de caixa

O fluxo de caixa é de extrema importância para que o seu empreendimento seja saudável, por isso descuidar desta parte é um erro fatal.

Para que isto não aconteça, é possível contratar um sistema ERP que contemple a gestão do seu fluxo de caixa, como é o caso do Bling, e assim ter maior segurança no controle das suas finanças.

E aí, você é um dos empreendedores que estão começando?  já tinha pensando em alguma destas situações?

Percebeu como as coisas são mais delicadas do que parecem?

Então revise seu planejamento estratégico e comece a olhar o seu empreendimento com uma visão mais profissional, pois o sucesso será garantido!

 

Posts Relacionados

Deixe um comentário