A proposta pode até ter o mesmo objetivo, mas para decidir qual a sua campeã nessa competição entre Shopify vs WooCommerce, você precisa saber que as duas plataformas são bem distintas.

A diferença está no modo como foram desenvolvidas. Uma delas é uma solução completa de comércio eletrônico, enquanto a outra se destaca como uma extensão poderosa de um dos mais renomados criadores de sites. 

E mesmo com características básicas tão diferentes, as duas plataformas de e-commerce estão entre as mais utilizadas no mundo.

No post de hoje, você vai conhecer melhor cada uma delas — suas vantagens e desvantagens — antes de escolher a vencedora desse duelo de titãs para a sua loja on-line. Confira!

O que é a Shopify?

Criada em 2006, a Shopify começou como uma solução canadense para vender equipamentos de snowboard pela internet.

Hoje, 17 anos depois, a marca já se consolidou como uma gigante do e-commerce, com milhões de lojistas em mais de 170 países e quase US$ 500 bilhões movimentados. Só nos EUA, a Shopify ocupa o segundo lugar no ranking do e-commerce, com 10% das vendas.

A Shopify é uma plataforma de e-commerce que oferece tudo o que você precisa para montar sua loja virtual: da criação do site a ferramentas de gestão.

Essa particularidade faz da marca uma boa escolha para quem procura a versatilidade e a praticidade de uma solução 100% pronta para atender a pequenos e grandes negócios.

Conheça, a seguir, as principais vantagens e desvantagens de utilizar a Shopify para criar o site do seu e-commerce.

Quais as principais vantagens da Shopify?

Entre as vantagens de usar a Shopify para criar sua loja virtual, vale destacar:

  • facilidade de uso: a Shopify é conhecida por sua interface intuitiva, que a torna ideal para quem não tem experiência com criação de sites. A configuração da loja é simples e direta, sem a necessidade de conhecimento técnico em programação e design web;
  • pronta para uso: oferece hospedagem, segurança e atualizações contínuas, o que elimina a necessidade de se preocupar com aspectos técnicos de desenvolvimento e manutenção de um site;
  • loja de apps: a Shopify possui uma grande diversidade de aplicativos e integrações estão disponíveis para ampliar os recursos de gerenciamento da sua loja virtual;
  • segurança e confiabilidade: como a hospedagem da loja é na Shopify, a própria plataforma cuida de todos os aspectos de segurança on-line;
  • múltiplos idiomas: a Shopify permite que você traduza a página da sua loja para outros idiomas, o que é particularmente interessante para quem pensa em vender no mercado internacional.

Quais são as desvantagens da Shopify?

Como qualquer outro produto ou serviço, a Shopify também tem seus contras, como:

  • custo mensal: a Shopify não é gratuita e cobra uma mensalidade que varia de acordo com o plano escolhido;
  • taxas de transação: se você utilizar gateways de pagamentos externos, precisa pagar as taxas de transação sobre cada venda. Apenas quem opta pelo Shopify Payments fica livre dessas tarifas;
  • personalização limitada: mesmo com as centenas de temas e templates disponíveis, a Shopify pode ser limitante para usuários que desejam controle total sobre o código-fonte e o design da loja;
  • exportação limitada: embora seja possível exportar a maioria dos dados do e-commerce, a migração de uma loja Shopify para outra plataforma pode ser um processo complexo. Até a troca de templates pode exigir que você recomece o site do zero.

Depois dos prós e contras da Shopify, pronto para conhecer o WooCommerce? Vem com a gente.

O que é o WooCommerce?

Diferente de uma plataforma de e-commerce nativa como a Shopify, o WooCommerce é uma extensão do WordPress, uma das plataformas de criação de sites mais conhecidas globalmente.

O plugin, disponível para usuários WordPress desde 2015, é utilizado por quase 7 milhões de sites ativos, cerca de 156 mil apenas no Brasil, segundo dados da BuiltWith

As estatísticas também apontam que 17% dos e-commerces do sites mais relevantes mundo utilizam o WooCommerce (a Shopify vem em primeiro lugar, com 20%).

O que torna o WooCommerce tão especial, além do fato de transformar o WordPress em uma plataforma de e-commerce, é que ele é uma solução de código aberto e o download é gratuito.

Descubra outras vantagens e também as desvantagens do WooCommerce para criar sua loja virtual.

Quais as principais vantagens do WooCommerce?

Veja alguns dos motivos que fazem do WooCommerce tão popular:

  • integração com WordPress: se você já tem um site no WordPress, adicionar o WooCommerce é simples e permite gerenciar todo o seu site direto pela plataforma;
  • gratuidade: o plugin em si é gratuito, o que é uma grande vantagem para pequenas empresas ou empreendedores com orçamento limitado;
  • personalização e flexibilidade: há uma infinidade de temas e plugins disponíveis, tanto gratuitos quanto pagos, que permitem personalizar a loja de acordo com as necessidades específicas do seu negócio;
  • comunidade de usuários: como é uma plataforma popular, o WooCommerce conta com uma grande comunidade de usuários e desenvolvedores, onde você pode encontrar respostas para as mais variadas dúvidas.

Quais são as desvantagens do WooCommerce?

Apesar de suas vantagens indiscutíveis, as características do WooCommerce podem trazer algumas dificuldades. Veja quais são essas desvantagens:

  • só funciona no WordPress: o que é óbvio, já que o WooCommerce é um plugin desenvolvido para a plataforma. A questão é que você já precisa ter um site em funcionamento no WordPress para adicionar e utilizar a extensão para loja virtual;
  • interface complicada para iniciantes: a configuração do site é justamente o que pode ser um desafio para quem não está habituado com o WordPress. Ou seja, se você não tiver algum nível de conhecimentos técnico em criação de sites, pode ter dificuldades e até precisar de um profissional para resolver a situação;
  • custos adicionais: o plugin é gratuito, mas não inclui hospedagem e outros recursos importantes para lojas virtuais, como domínio, e-mail e suporte, por exemplo. Portanto, você tem despesas com terceiros para conseguir colocar seu e-commerce em operação ou para contratar um dos planos do WooCommerce.
  • taxas de transação: assim como a Shopify, o Woocommerce oferece uma solução de pagamentos nativa — WooPayments — e cobra taxas de transação de quem utiliza provedores de pagamentos de terceiros;
  • suporte descentralizado: na versão gratuita, você não tem uma central de ajuda. O suporte depende das empresas contratadas para hospedagem e outros serviços necessários.

E aí? Na sua opinião, quem ganha a disputa para o seu e-commerce? 

Shopify ou WooCommerce, turbine sua loja virtual com o Bling

Seja qual for a sua escolha de e-commerce — Shopify ou WooCommerce —, o Bling é a melhor solução para gerenciar sua loja e alavancar suas vendas.

Isso porque o Bling possui:

Além dos recursos das integrações, você tem acesso a todas as funcionalidades do Bling em uma só plataforma. A partir dela, você consegue fazer a gestão completa do seu negócio, de forma fácil e descomplicada.Conheça o Bling! Você tem 30 dias grátis para testar como quiser e descobrir como o ERP pode te ajudar a vender muito mais em qualquer plataforma de e-commerce.