Dentro das instituições existem processos que são fundamentais para o bom desenvolvimento do negócio. O controle de estoque é um deles, para empresas de pequeno, médio e grande portes. Mas quando falamos de pequenas e até micro empresas, como as dirigidas por MEI (Micro Empreendedor Individual), esse assunto precisa ser bem entendido pois faz muita diferença nos resultados diários. 

O empreendedor iniciante, passa por muitos desafios e controlar o estoque é um deles apesar de ser um princípio básico da administração. Você sabe o que significa o termo e como fazer o controle de estoque? Confere nosso artigo esmiuçando o assunto. 

O que é controle de estoque? 

A ideia básica sobre controlar o estoque é monitorar os produtos armazenados para garantir que as vendas ocorram de forma natural, sem ter produtos em excesso e nem que falte no estoque durante o período. Na teoria, não é algo complicado, mas a questão é que pra isso acontecer é preciso organização interna, conhecer o cliente e o fluxo de vendas, saber em quais produtos apostar e fazer ações de vendas certeiras. 

Em resumo, o controle de estoque sustenta os resultados positivos da empresa e reduz custos e perdas quando bem gerenciado. 

Através do estoque, as empresas de qualquer porte podem:

  • monitorar o fluxo de entrada e saída de materiais ou produtos;
  • controlar o armazenamento de matéria prima para venda;
  • gerenciar melhor o seu negócio e ter uma visão mais ampla.

Ou seja, um estoque bem controlado é sinal de empresa organizada, que conhece seu consumidor, administra seus produtos e, consequentemente, mantém a saúde financeira do negócio. 

Qual a importância do controle de estoque?

Principalmente quando a empresa é pequena, todos esses controle são cruciais para a continuidade do negócio. Quando falamos em MEI, que geralmente administra todos os setores da empresa, é um passo de total importância, pois os recursos impactam diretamente nos resultados finais, e o controle de estoque se faz ainda mais fundamental. 

Além de controlar os produtos e materiais, o monitoramento também funciona como análise de vendas e o bom funcionamento da operação como um todo. Quando se sabe o que tem no estoque, se evita compras desnecessárias e se reduz perdas, ao passo que quando se vende bastante e se pode fazer uma compra maior, se garante melhores negociações com os fornecedores. 

Confira mais benefícios do processo de controle de estoque:

  • Fazer estimativas de vendas;
  • Aproveitar melhor o que já tem no estoque e verificar os motivos de não estar vendendo;
  • Fazer pedidos aos fornecedores com mais antecedência e com melhor negociação;
  • Aprimorar estratégias de venda e precificar melhor os produtos;
  • Diagnosticar o que mais vende no seu negócio;

É um processo de descoberta em que é importante reconhecer as mercadorias e o giro que elas fazem no estoque e como impactam no fluxo de caixa. Outras questões importantes na gestão de estoque:

  1. Organização: Tudo o que entra e sai de uma empresa deve estar registrada no estoque para que o empreendedor possa ter diagnósticos mais efetivos sobre o produto, as vendas e também estabelecer estratégias futuras. 
  2. Controle: Outro ponto a ser destacado, é que um estoque organizado torna mais fácil lidar com produtos sem giro, favorecendo as vendas através de descontos, por exemplo, e também controlar prazos de validade dependendo da categoria de vendas. 
  3. Visão ampla do negócio: Vale ressaltar, que o estoque deve ser uma preocupação e um processo de observação também nos negócios de pequeno porte, não somente em grandes empresas. 
  4. Economia: O controle de estoque tem ligação direta com o financeiro, pois muitos produtos são capital retido, outros devem constar no estoque pois pode significar venda não realizada.

Como fazer o controle de estoque de forma simples?

Como já citamos, independente do tamanho da empresa, o estoque é um setor fundamental que merece ser bem gerido e muita atenção. Para que os setores de compras e vendas possam convergir de forma simples e sem erros, um sistema de gestão ERP apresenta muitas vantagens. Com um ERP o controle de estoque se torna facilitado e integrado aos outros setores do negócio. 

Controle de Estoque Online

  • Gerencia o catálogo de produtos: 

Registra as informações dos seus produtos, como códigos, descrição e preços, além de outras características e centralize a gestão do seu catálogo em múltiplos canais de venda.

  • Sincroniza o estoque aos canais de venda:

Controla o estoque de  vendas em marketplaces, lojas virtuais e lojas físicas de forma centralizada. A cada venda realizada, o ERP atualiza a disponibilidade de seus produtos em cada canal, evitando erros no processo, e reduzindo a necessidade de manter níveis elevados de estoque de segurança.

Centralização das informações

  • Automatiza os lançamentos de estoque através das notas fiscais de compra e venda: 

Importa notas fiscais de fornecedores e automatiza a entrada de produtos no seu estoque. Ao efetuar suas vendas o ERP atualiza automaticamente seu estoque. Dessa forma, o tempo que seria gasto na inserção manual de produtos no estoque, poderá ser utilizado na execução de outras tarefas de gestão do seu negócio.

  • Controla o estoque de kits e variações de produtos de forma simples:

Quando o mesmo produto possui diversas variações, como diferentes cores e tamanhos é possível realizar o controle das variações de um mesmo produto se torna uma tarefa prática. Além disso, permite que você monte kits com produtos, os quais serão desmembrados automaticamente ao gerar a nota fiscal.

  • Imprime etiquetas de produtos personalizadas:

É possível também personalizar e imprimir as etiquetas dos seus produtos sem dificuldades e tenha códigos de barras integrados ao Bling, permitindo uma identificação precisa de seus produtos durante todo seu ciclo de venda.

Agilidade para tomada de decisões

  • Integração de setores: 

Quando os setores da empresa estão organizados, a comunicação de maneira geral passa a ser integrada, e o empreendedor passa a tomar melhores decisões para o caminho e futuro da empresa. Com uma gestão de estoque bem feita é possível melhorar a qualidade das entregas, já que é possível conhecer melhor o negócio e ter bons parceiros logísticos.  O consumidor do nosso tempo preza, cada vez mais, pela experiência da compra como um todo. Ele quer ter boa navegação na loja através do site da loja virtual ou marketplace , quer preço, condições de pagamento e prazo de entrega curto.

Integrar o estoque com a gestão financeira é como ligar setores diretamente relacionados, pois ambos se envolvem na gestão e pode contribuir com a saúde financeira do negócio. 

  • Eficiência na experiência do consumidor:

O estoque quando bem gerido faz parte de uma série de estratégia simples que visam o melhoramento do seu processo de trabalho, redução de custos e aumento da satisfação dos clientes. Para o MEI, é ainda mais importante analisar tudo o que entra e sai do e-commerce para equilibrar as compras e também de projetar mais vendas. Isso gera um benefício financeiro para a empresa de forma direta. 

A rotina da empresa passa por todas as áreas do negócio, e é importante ressaltar que ao controlar esses processos é possível garantir informações atualizadas sobre o negócio, e o gestor consegue tomar melhores decisões com relação a investimentos futuro. 

Controle de estoque para fazer o seu negócio crescer 

Com tudo o que já exemplificamos, está claro que o estoque é um dos órgãos pulsantes do negócio, e manter ele organizado requer o cadastro dos produtos na hora da compra e o registro das vendas, para que através do sistema de gestão, o estoque esteja sempre atualizado. Quando o trabalho é no e-commerce, é comum os consumidores verificarem produtos em falta nas lojas virtuais ou marketplaces, e isso significa perda de vendas. Para evitar as rupturas no estoque é importante:

  • revisar os cadastros dos itens existentes no estoque,
  • monitorar os prazos de entregas dos fornecedores, 
  • fazer relatórios da falta de produtos;
  • ter planos estratégicos caso falte insumos.
  • Também não deixe produtos em excesso pois podem comprometer o fluxo de caixa da empresa e gerar prejuízos. 
  • Faça inventários de estoque periodicamente para atualizar os números dos cadastros;

Sistema de Gestão para Controle de Estoque do MEI

Para que o seu negócio prospere, muitos são os caminhos a serem percorridos e todas as áreas da empresa devem estar integradas. 

Um sistema de gestão como o Bling, voltado às micro e pequenas empresas, ajuda para além do controle de estoque, ele também auxilia na simplificação dos processos de trabalho e o negócio passa a ganhar força estrutural com o gerenciamento financeiro, emissão e notas fiscais, integrações à importantes marketplaces e parceiros logísticos e organização em uma única plataforma.

Quanto mais facilidades na gestão você tiver, mais tempo terá de pensar no negócio de forma criativa e dinâmica. Se você ainda não é cliente Bling!, comece a usar o Bling! hoje e teste o controle de estoque grátis no primeiro mês. 

Deixa que o Bling te ajuda a descomplicar a gestão do seu negócio.