E-commerce de sucesso não surge da noite para o dia. É preciso planejamento, foco, bons softwares e, principalmente aprender com os erros e acertos. Portanto, separamos algumas orientações para que você, empreendedor, conheça um pouco mais sobre como ter um e-commerce de sucesso. Confira as nossas dicas.

Tenha um bom plano de negócios

As vendas não se concretizam sozinhas. Por isso, apenas expor seus produtos e esperar pelos resultados não é nada eficiente. Criar uma loja virtual pode ser algo tão complexo quanto a abertura de uma loja física. Seja qual for o ramo que você escolher, um bom planejamento é item imprescindível para o sucesso do negócio, afinal, o plano de negócios é o ponto de partida para o empreendedor individual. Trace metas realistas e administre despesas e lucros com os pés no chão.

Defina o público-alvo

Você não pode montar um e-commerce sem saber para quem quer vender, ou então haverá grande chance de o negócio não dar certo. Por isso, o seu plano de negócios deve traçar o perfil dos clientes que você deseja atingir (Quem são? O que consomem? Quais seus comportamentos? Onde estão?). Na sequência, analise suas características e organize estratégias eficientes para conquistá-los.

Elabore Políticas de Privacidade, Troca e Devolução

Todo mundo quer se sentir seguro na internet, não é mesmo? Portanto você precisa esclarecer aos seus clientes que os dados cadastrais deles estarão seguros com você, sem vendê-los a terceiros, por exemplo. Elabore uma Política de Privacidade séria e objetiva para ter um e-commerce de sucesso.

O Código de Defesa do Consumidor estabelece que o cliente tem até 7 dias corridos para se arrepender da compra. Então, esteja de acordo com a lei e garanta que o consumidor possa efetuar trocas e devoluções. O prazo pode ser estipulado pelos lojistas, que geralmente estendem até 30 dias corridos.

e-commerce de sucesso

Escolha a plataforma de e-commerce adequada

Atualmente existem diversas plataformas de loja virtual no mercado brasileiro, voltadas para as mais variadas necessidades dos empresários. É preciso pesquisar!

As opções mais comuns são Open Source e SaaS. Se a sua loja vai ser pequena, com poucos custos e sem a necessidade de customização, a o tipo mais recomendado é SaaS (Software as a Service). Esse formato opera como distribuição de software, ou seja, não precisa ser instalado diretamente em máquinas. Para utilizar, é preciso apenas estar conectado à internet.

Já para um e-commerce mais complexo, com necessidade de muitas integrações, a plataforma Open Source é a melhor opção. É um software de código gratuito e sem limitações, mas que exige bastante conhecimento de programação.

Lembre-se de integrar um sistema de gestão

Um bom sistema de gestão online (ERP) integrado à plataforma de e-commerce torna sua loja mais eficiente. O software torna o trânsito de informações entre os setores mais fluido, de modo que estoque, financeiro, logística e cadastros, por exemplo, podem ser administrados em um só sistema, evitando divergência de dados e possíveis erros operacionais. Para saber mais, leia o texto sobre a importância de um ERP integrado para o e-commerce.

Capriche no layout

Design arrojado enche os olhos, não é mesmo? No e-commerce também funciona assim. Elabore uma comunicação visual harmônica, capaz de conquistar os clientes de cara. Lembre-se sempre de informar a disponibilidade dos produtos, oferecer imagens de qualidade, descrição, materiais utilizados, medidas, peso e embalagens.

e-commerce de sucesso

Ofereça opções de pagamento

Cartão de crédito? Débito? Boleto? Você precisa disponibilizar diferentes formas de pagamento, aumentando as chances de converter vendas. Mas, claro, lembre-se de que você deve avaliar se a estrutura da sua loja suporta tantos meios de pagamento. Além disso, para pagamentos por meio de cartões de crédito se tornam mais seguros para você e para o cliente com a contratação de serviços especializados contra fraude.

Valorize a logística do estoque até a entrega

Assim como uma loja física, trabalhar com e-commerce engloba gerir estoque (separação do produto para envio, embalagem e entrega). Existem várias opções de empresas para atender às demandas, transportadoras terceirizadas ou Correios. Opte pela solução que consiga melhor atender o tamanho da loja virtual, seu orçamento e o tipo de produto que comercializa.

Leia também: Encomendas de e-commerce mais ágeis com sistema de gestão

Uma tendência que vem aparecendo no mercado brasileiro é a logística integrada. Os Correios, principal empresa utilizada por quem trabalha no e-commerce, já lançou o serviço CorreiosLog (e-fulfillment), que oferece preços mais acessíveis para empresários do setor e se responsabiliza por todos os processos de entrega, desde o armazenamento, passando pela separação e embalagem até o despacho e entrega (saiba mais aqui).

Aposte no marketing digital

Sua loja precisa ganhar fama, isso é fato. Para isso, nada melhor do que explorar o ambiente no qual ela está inserida: a internet. Desenvolva um planejamento de marketing com ações focadas em chamar a atenção dos internautas e ganhar espaço na memória dos clientes quando quiserem comprar o que você oferece.

Leia também: Como elaborar um plano de marketing eficiente para PMEs

Se você ainda não possui orçamento para contratar uma agência para assumir essa tarefa, pode procurar leituras em blogs e livros ou até mesmo cursos online para ter uma base de como desenvolver o marketing digital. Diversas ferramentas podem te ajudar a investir nas técnicas de SEO (Serch Enginee Optimization), tópico essencial para que seu e-commerce seja notado.

O SMO (Social media optimization) também é um caminho válido. Muito válido, aliás. Baseado nas mídias sociais, permite que você crie vínculos com os usuários, assim pode interagir e ficar mais próximo do consumidor.

e-commerce de sucesso

O atendimento é um cartão de visitas

O atendimento é um dos contatos mais pessoais que você estabelece com seu cliente. Nesse sentido, é preciso manter uma abordagem de qualidade para sanar dúvidas, ouvir reclamações, armazenar sugestões e resolver problemas. Faça um bom atendimento e as chances de fidelizar clientes com certeza serão maiores.

Leia também: dicas valiosas para fidelizar clientes e crescer

Se possível, invista no atendimento on-line, que facilita o processo de compra e ainda passa mais credibilidade ao cliente, no sentido de mostrar que há uma equipe por trás do negócio disponível a atende-lo.

Acompanhe as tendências do mercado

Esteja sempre de olho no mercado virtual e nas inovações de seu segmento, pois além de se manter atualizado quanto às novidades e perspectivas de crescimento, será possível descobrir formas de investir para manter a expansão de sua loja online.

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe nas suas redes sociais e passe o conhecimento adiante! Aproveite para saber como definir capital de giro.

Categorias: E-commerce

Posts Relacionados

Deixe um comentário