O Certificado Digital se tornou uma das soluções mais procuradas pelas empresas. A praticidade e segurança que esse arquivo eletrônico proporciona fazem com que cada vez mais companhias busquem esse recurso.

A explicação para isso é simples: o Certificado Digital funciona como uma identidade, tanto de pessoas quanto de empresas, mas de forma digital, como o próprio nome indica. A grande vantagem é que isso dá validade jurídica para tudo o que é feito por meio dele.

Cada vez que o Certificado Digital é usado, uma assinatura digital é gerada. Isso significa que ele pode servir para autenticar e assinar documentos, algo fundamental para qualquer empresa nos dias de hoje.

Para usar da maneira correta, é importante conhecer os tipos de Certificado Digital e entender qual é o mais apropriado para o seu negócio. Se você quer saber as diferenças entre Certificado Digital A1 e Certificado Digital A3 continue lendo este post!

Certificado Digital A1

O Certificado Digital A1 é armazenado diretamente no computador. Ele funciona por meio de um par de chaves criptografadas, uma pública e outra privada. A pública é enviada para a Autoridade Certificadora (AC). A privada fica no computador e é protegida por um login. 

Esse sistema evita operações fraudulentas, já que os dados não podem ser decodificados sem a combinação de uma com a outra. Nos casos de invasões e ameaças virtuais, o Certificado Digital pode ser desativado. 

Uma das grandes vantagens do Certificado Digital modelo A1 é o seu dinamismo, já que é possível operá-lo a partir do computador. Caso precise emitir notas fiscais, por exemplo, basta enviar o Certificado Digital para o software emissor. Assim, você consegue emitir documentos fiscais de maneira prática, segura e sem excesso de papéis.

Certificado Digital A3

O Certificado Digital modelo A3 é diferente do modelo A1 porque conta com uma mídia de armazenamento predeterminada, ou seja, um dispositivo, que pode ser um cartão ou um token. Dessa forma, é possível utilizar o certificado em qualquer computador e em diversas tarefas tributárias que exigem a assinatura da empresa. 

Por ser um hardware separado, o Certificado Digital A3 oferece maior mobilidade e eficiência para que a empresa possa comprovar sua identidade em informações contábeis. 

Esse modelo possui validade de um a cinco anos, dependendo do local de armazenamento.

De onde vem a Certificação Digital?

Quem cuida da Certificação Digital é o Comitê Gestor da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil) juntamente com o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI). A ICP é responsável pela emissão dos Certificados Digitais.

O ITI, enquanto isso, é quem credencia, supervisiona e audita todos os processos. É o Instituto que faz a ligação com as Autoridades Certificadoras, que atendem os titulares dos Certificados Digitais.

Certificado Digital A1 ou A3?

CaracterísticasCertificado Digital A1Certificado Digital A3
Armazenamento e emissãoNo computadorEm tokens, cartões ou nuvem
Uso de senhaÉ opcionalÉ obrigatório
Possibilidade de cópiaPermite cópia Não permite cópia
Validade1 ano1 a 5 anos

Quando usar um Certificado Digital?

Para quem deseja usar o Certificado Digital como forma de assinar digitalmente um documento, tanto o modelo A1 quanto o A3 podem ser usados. Os dois cumprem essa função  sem nenhuma restrição.

Além disso, o Certificado Digital pode ser empregado em mais de duas mil aplicações diferentes. Algumas delas vão exigir apenas o Certificado Digital A1 enquanto outras serão possíveis somente com o Certificado Digital A3. Por isso é tão importante conhecer os dois modelos e saber como eles vão ser usados na empresa.

Qual Certificado Digital devo escolher?

Essa é uma das principais dúvidas envolvendo Certificado Digital, especialmente entre novos empreendedores: qual modelo escolher, o Certificado Digital A1 ou o Certificado Digital A3?

A resposta vai depender de uma série de questões e características que estão ligadas ao tipo de empresa, o segmento de atuação e, principalmente, quais são os objetivos do seu negócio ao usar o Certificado Digital.

Os dois modelos têm atributos próprios que os diferenciam como já mostramos. O que ambos têm em comum é a segurança, praticidade e agilidade que acrescentam ao dia a dia de uma corporação.

Quais são as etapas para adquirir o Certificado Digital?

O processo de aquisição de um Certificado Digital é simples. O primeiro passo é solicitar a uma Autoridade Certificadora como a Certisign, que é parceira do Bling. Em seguida é necessário apenas agendar uma data para apresentação da documentação e emitir o Certificado.

Para pessoas jurídicas a documentação exigida incluir o CNPJ regular, documento de constituição da empresa e documento de estabelecimento, além de registros específicos conforme a área de atuação da empresa. Já para pessoas físicas são necessários um documento de identificação original, CPF e comprovante de endereço.

Certificado Digital online

Por causa da pandemia no novo coronavírus, é possível emitir o Certificado Digital por meio de videoconferência, sem a necessidade de apresentar a documentação presencialmente.

Essa possibilidade aplica-se somente ao primeiro Certificado Digital, de Pessoa Física e Jurídica, restrito a validade de 12 meses, podendo ele ser um A1, no computador, ou A3, no cartão, token ou na nuvem. Para quem precisa renovar o Certificado Digital, é preciso ter o cadastro biométrico para conseguir fazer o processo à distância

Para realizar a videoconferência e obter o seu Certificado Digital é simples:

  1. Efetue a compra da sua certificação e aguarde a confirmação do pagamento;
  2. Faça o agendamento do atendimento escolhendo o dia e horário que deseja;
  3. Envie previamente os documentos exigidos;
  4. Acesse o link para o atendimento no dia e horário escolhido anteriormente.

Como instalar o Certificado A3?

A instalação do Certificado Digital A3 envolve algumas etapas e demanda atenção por parte do responsável. Ao todo, são três etapas principais para configurar o Certificado:

1- Instalar o serviço Bling NF-e;

2- Instalar os drivers e gerenciadores de Certificado;

3- Configurar o certificado A3 no Bling.

O passo a passo para todas as etapas, além de dicas do que pode ter causado eventuais erros na instalação do Certificado Digital A3, está no vídeo abaixo:

Como instalar o Certificado A1?

A instalação do Certificado Digital A1 é mais prática já que ele fica armazenado no próprio computador. Com o arquivo, que pode ser de extensão .pfx ou .p12, baixado, basta adicionar ao Bling. Veja mais detalhes no vídeo abaixo: