Na gestão de uma empresa diversas estratégias são importantes para auxiliar no processo de observação e acompanhamento do negócio. A Curva ABC é uma ferramenta conhecida para verificar e comparar cenários, pois possibilita informações estratégicas para a realização de compra de mercadorias ou exclusão de itens a serem comprados, por exemplo.


Na observação dos resultados após a utilização do recurso, se constata que quanto mais desuniforme a distribuição, mais se acentua a Curva ABC, e por isso, mais vantajosa se torna a sua aplicação.


O que é a Curva ABC?


A Curva ABC é um método de classificação de informações a fim de separar itens de maior importância ou impacto, os que necessitam maior atenção do gestor. Essa separação pode ser categorizada por lucro, venda, produtividade, controle de estoque, geralmente apontando parâmetros que fogem dos fatores costumeiros, permitindo uma leitura diferenciada.


O processo também é conhecido como Curva 80-20, e refere-se em grande importância a administração dos custos da empresa. O objetivo com os comparativos é obter maior prazo de pagamento possível com seus fornecedores, receber o quanto antes do cliente e empregar o menor capital possível em estoque (que aqui pode ser matéria prima ou produto acabado).


Para ter bons resultados, é preciso entender a fórmula e os métodos utilizados para que a conta feche de forma positiva.


A Forma ABC: como utilizar


A análise depende sempre da divisão por três grupos de acordo com o valor de demanda (produtos acabados) ou valor de consumo (produtos em processo ou matéria prima e insumos). O resultado – seja do valor de demanda ou consumo – é determinado multiplicando-se o preço ou custo unitário de cada item pelo seu consumo ou sua demanda.


Nesse processo surgirão grupos divididos em três classes:


  • Classe A – itens com alto valor de demanda ou consumo;
  • Classe B – itens que possuem médio valor de demanda ou consumo;
  • Classe C – itens que possuem baixo valor de demanda ou consumo.

Nesta classificação, geralmente, 20% dos itens são considerados Classe A, 30% são Classe B e 50% do restante é Classe C. Entre eles o maior valor de demanda e consumo são da Classe A. (65%).


Qual a importância de utilizar a curva ABC no seu negócio


A utilização da Curva ABC não está relacionada apenas ao estoque de produtos, ela pode ser também executada por uma prestadora de serviços, classificando os trabalhos ou os clientes. O objetivo sempre será o de classificar em três níveis os meios de produção/execução.


A importância em fazer essa análise e essa leitura está exatamente na questão de que a maioria das empresas têm clientes com perfis diferentes e muitas não lidam corretamente com essa diferença. É importante observar as especificidades de cada cliente, sempre que possível.


Utilizar a Curva ABC acaba dando aos vendedores e colaboradores mais informações sobre os produtos e serviços, e deixa-os mais preparados para lidar com os clientes e as situações.


Outra questão que impacta na importância de utilizar a Curva ABC é o fato de o estoque precisa estar equilibrado, pois produtos em excesso farão o empresário perder dinheiro, e pouco estoque pode gerar perda de clientes.


Particularidades de cada Curva ABC


Uma análise ABC reflete as dificuldades e o controle dos itens cadastrados, assim como seus custos e rentabilidade. Por isso, dependendo da empresa o processo é variado, assim como seus resultados. Apesar de a análise da Curva ABC ser uma ilustração de um período anual, o valor de consumo é apenas dos critérios que afeta a classificação. Dentro de cada categoria podem se abrir subcategorias.


A forma de preparar a empresa para uma curva ABC também vai depender exclusivamente das necessidades da organização. Dificilmente os mesmos critérios são utilizados, mesmo em negócios de mesmo ramo, pois o processo pode ser feito de inúmeras formas: por faturamento, comportamento, características demográficas e sociais (idade, sexo, renda), por região, entre outras.


O primeiro passo é portanto classificar os estoques e determinar as prioridades. Caso for analisar o estoque, veja se quer classificar de forma gradativa (maior importância econômica para a menor) que é o método clássico ou de outra forma, como por preço ou facilidade de venda. Quanto mais detalhes forem implementados no perfil da pesquisa, melhor será o resultado.


Organização em busca do sucesso


Estratégias de gerenciamento da empresa, aliadas a um sistema de gestão eficiente e descomplicado como o Bling faz seu trabalho ser mais produtivo e rentável. A ferramenta facilita o trabalho desde o cadastro dos produtos, controle de estoque, fluxo de caixa, emissão de nota fiscal e boleto bancário, até opções para integração logística.


Ter um sistema de gestão ERP se tornou peça fundamental dentro das empresas, pois proporcionam ganho de tempo e produtividade. Faça um teste grátis por 30 dias com o Bling e veja na prática como o investimento é acessível e a ferramenta é alta qualidade.