A Amazon é uma empresa de tecnologia fundada em 1994 nos Estados Unidos focada em comércio eletrônico (por meio do marketplace), computação em nuvem, streaming (Amazon Prime) e inteligência artificial. 

Considerado inicialmente um marketplace de nicho, com venda de livros e eletrônicos, a Amazon cresceu e se tornou um grande nome em todo o mundo, com novas categorias sendo incorporadas. Hoje, a empresa tem operação própria de venda para vários produtos.

Por se tratar de um dos maiores players do mercado, muitos lojistas se perguntam o que é necessário para vender na Amazon Marketplace

Neste post vamos mostrar como colocar seus produtos num dos maiores marketplaces do planeta, quais especificações você deve cumprir e as vantagens disso. Continue lendo para descobrir!

O que pode ser vendido na Amazon Marketplace?

Para começar a vender na Amazon é necessário cumprir alguns requisitos. O primeiro deles é a categoria de vendas, já que determinados produtos não são aceitos. Veja na tabela abaixo as categorias e a condição exigida para cada produto:

CategoriaNovosColecionáveisUsados
Atividades ao ar livrex
Beleza (cuidados com banho, pele, cabelo, maquiagem, etc)x
Brinquedos e jogosxx
Calçados, bolsas, sapatos e óculosx
Câmeras digitais, lentes e acessóriosxx
Utensílios domésticos (armazenamento e organização, cama, mesa e banho, decoração para casa, eletroportáteis, obras de arte e ilustração, produtos de limpeza)xx
Celulares e acessóriosxx
Computadores de mesa, notebooks, tablets, monitores e acessóriosxx
Eletrônicos (TV e vídeo, áudio e vídeo portáteis, áudio para casa, eletrônicos para carro)xx
Artigos esportivos (exercícios e fitness, acessórios para caça, esportes em equipe, roupas para atletismo, canoagem e pesca e sala de jogos) x
Ferramentas e materiais de construção (construção, encanamentos, eletricidade, ferramentas manuais e elétricas, instalações de cozinha e banheiro, materiais de pintura, proteção e segurança) xx
Games, consoles e acessóriosxxx
Joias (brincos, colares, anéis, pulseiras)x
Livros, calendários, quadrinhos, revistas, jornais e outras publicaçõesxx
Papelaria e escritório (agendas e cadernos, lápis, canetas e outros materiais de escrita, calculadoras, impressoras e eletrônicos para escritório, material de desenho e pintura, papéis e organizadores)xx
Malas e acessórios de viagem (bolsas, mochilas, pastas, guarda-chuvas) x
Itens para bebês e gestantes (alimentação e amamentação, berçário, fraldas)x
Roupas e acessórios (relógios, moda feminina, masculina e infantil)x
Cuidados pessoais (depilação e aparelhos de barbear, dietas e nutrição, equipamentos e artigos médicos, higiene, medicamentos e remédios) x

Requisitos e comissões da Amazon Marketplace

Para começar a vender na Amazon Marketplace é preciso apresentar alguns documentos:

  • CPF ou CNPJ válido;
  • conta de e-mail;
  • conta bancária ativa;
  • cartão de crédito internacional válido (Visa, MasterCard ou Diners).

Pelo cartão são verificadas a legalidade da conta e também a cobrança das taxas de venda caso não haja saldo na conta da Amazon. Para todas as vendas é exigida a emissão de Notas Fiscais Eletrônicas

Para explorar ao máximo as potenciais vendas do marketplace é importante ter dois pontos muito bem definidos:

1- Estratégia de vendas

Depois que você já sabe quais produtos vão ser disponibilizados na Amazon, é fundamental pensar no volume de estoque que será trabalhado e montar uma estratégia de vendas focada no marketplace.

É sempre bom lembrar que estamos falando de um grande conglomerado de revendedores, portanto a concorrência é maior e interna. 

2- Operação logística

A Amazon é um marketplace global, que dá a possibilidade do lojista vender também para países como Estados Unidos, Canadá e México. Porém, é preciso uma organização logística para tais operações.

Não adianta ofertar o seu produto para fora do país se os custos de entrega vão ficar mais caros que o valor do produto, por exemplo. Tudo isso deve ser levado em consideração.

Planos e comissões

Após o cadastro feito, é preciso avaliar o modelo de vendas. Para isso, é necessário acessar o site oficial do marketplace e escolher um dos planos disponíveis. São duas opções disponíveis:

Plano individual

O plano individual é para quem pretende fazer até 10 vendas por mês. O valor fixo por produto é de R$ 2, além de uma comissão a cada transação.

Plano profissional

Para quem projeta vender mais de 10 unidades ao mês, a mensalidade passa a R$19 e uma comissão por cada transação. Nesta modalidade não há taxa fixa por venda. 

Também é importante atentar que as comissões variam conforme a categoria do produto. Os percentuais podem ser consultados no site, mas a variação é de 10 a 20%, sendo as menores taxas para itens como eletrônicos, itens de casa (construção e decoração), games e eletrodomésticos, e as maiores taxas (de 15 a 20%) para roupas, livros, bebês e gestantes, beleza, esportes e cuidados pessoais. 

Por que vender na Amazon Marketplace?

Vender em um marketplace, como falamos, é uma experiência diferente de vender no próprio site. A Amazon disponibiliza ferramentas para ajudar a iniciar suas vendas online de forma rápida e simples, não importa o tamanho da sua empresa.

Veja algumas das vantagens que a venda em um marketplace pode trazer para o seu negócio:

1. Baixo investimento

Uma das vantagens de vender em marketplaces é o baixo investimento inicial. Como a estrutura do site já está pronta, você não precisa se preocupar com a criação do seu e-commerce, hospedagem e divulgação.

2. Público maior e diversificado

A integração com marketplaces ajuda no crescimento do seu negócio. Com os marketplaces, é possível atingir um público diversificado e diferentes nichos de mercado.

3. Maior visibilidade da sua marca e produtos

Um marketplace atrai milhares de visitantes todos os dias. Dessa forma, você não precisa realizar grandes investimentos em divulgação, pois o tráfego desses canais já é garantido. 

Além disso, a grande relevância dos marketplaces em mecanismos de buscas auxilia a aumentar o tráfego de sua loja.

Como fazer o cadastro da loja virtual na Amazon Marketplace?

O cadastro da sua loja virtual na Amazon Marketplace é feito de forma simples, mas preparamos um passo a passo para facilitar ainda mais:

1- Faça o cadastro na plataforma

Após a escolha do plano, e a verificação das categorias dos produtos permitidos no marketplace, é preciso realizar o cadastro na plataforma.

Para iniciar a operação de vendas gerencie as funções através do Seller Central, que é um espaço onde se pode realizar as tarefas como controle de conta, atualização de inventário, cadastro de produtos, contato com o comprador e controle de pedidos e pagamentos.

2- Cadastre seus produtos

Na hora de cadastrar os produtos existem duas opções:

  • Adicionar um produto: ferramenta para adicionar um item por vez;
  • Modelos de arquivos de inventário: ideal para adicionar diversos itens por vez (modalidade disponível somente para o plano de vendas profissional).

Também será necessário informar o estoque, a condição de preço e forma de envio. A grande vantagem de estar em um marketplace como a Amazon é otimizar a operação e faturar mais.

3- Aguarde os primeiros pedidos

Com o cadastro de produtos efetivado e aprovado, é hora de esperar pelos primeiros pedidos. Os usuários do plano profissional também podem fazer o download de um relatório de pedidos para acompanhamento de todas as transações.

Os repasses das vendas são depositados a cada 15 dias diretamente na conta bancária cadastrada pelo lojista, tanto os pagamentos à vista quanto os parcelados (sem qualquer custo). 

Com tudo em ordem, basta manter a operação organizada através de um sistema de gestão como o Bling, que tem integração com a Amazon e torna o trabalho mais eficiente.

Integrando ERP e Amazon Marketplace

Os benefícios da integração de um ERP e Amazon Marketplace são grandes. O principal, talvez, seja o melhor gerenciamento do seu negócio.

O marketplace é uma ferramenta que auxilia o empreendedor a expandir o seu campo de vendas ganhando visibilidade, mas, sem a integração com um ERP, é possível que a sua gestão seja prejudicada.

Anunciar produtos na Amazon é contar com todo o alcance e reputação de uma das maiores empresas de e-commerce do mundo e quem vem crescendo ano a ano no Brasil. Para ampliar o faturamento e a visibilidade do seu negócio, é fundamental considerar a Amazon dentro da estratégia de venda.

O ERP integrado ao Marketplace da Amazon permite que o seu comércio tenha várias frentes de venda em diversos canais e que, ainda assim, exista um controle seguro do estoque, vendas, produtos, pedidos, entregas e notas fiscais. 

Somente a integração fornecida por um sistema de gerenciamento é capaz de automatizar os seus processos e atender às suas necessidades de cruzamentos de dados para uma boa gestão de negócios.

Passo a passo da Integração Bling e Amazon

1) Acessar a sua ferramenta Bling!, procurar em “Preferências” o comando para “Integrações” e, então, “Configuração de Integração de Marketplace”;

2) Optar por “Incluir” um Marketplace e procurar por Amazon;

3) Preencher os campos com as informações fornecidas no Manual de Integração Amazon;

4) Faça o seu cadastro no site da Amazon, optando pelo plano profissional;

5) Na sua página de usuário, fazer o cadastro no Amazon Marketplace Web Service (AMWS) do Desenvolvedor Bling!;

6) Será fornecido um ID (código de identificação) pela Amazon que deverá ser inserido na sua plataforma Bling!, ainda no campo de cadastro de Integração de Marketplace;

7) Pronto! Agora, é só lembrar de marcar no seu ERP Bling!, durante a integração com a Amazon, as opções que permitem o compartilhamento de dados entre as duas plataformas, como o estoque, por exemplo.

Mais informações detalhadas você encontra no Bling Ajuda. 

Vantagens de Integrar Bling e Amazon Marketplace

Um ERP que cuida da gestão do seu negócio e ainda oferece integrações com os maiores marketplaces do mercado já é um grande benefício, mas ainda tem a vantagem de ter armazenamento e gerenciamento de dados em tempo real, o que é crucial para a saúde financeira e administrativa de um negócio. 

Por isso, ter controle sobre as possibilidades da integração de um ERP + Amazon é sinônimo de bom gerenciamento das suas vendas.

O Bling auxilia o lojista a utilizar o seu sistema integrado de gestão empresarial, utilizando canais de venda do tipo marketplace, como a Amazon e outros também, através da venda em múltiplos canais sem perder a organização. 

Existem diversos benefícios de realizar a integração do Bling ERP com a Amazon. Confira alguns deles:

  1. Importação de Pedidos
    Com a integração entre o Bling e a Amazon Marketplace, a importação de pedidos ganha agilidade e rapidez, visto que se torna um processo automatizado. Ou seja, você conta com a atualização constante das informações e com relatórios de venda precisos, sem precisar perder tempo com isso. 
  2. Importe dados de produtos
    A integração também automatiza a importação e exportação de produtos cadastrados tanto na Amazon, quanto no Bling. Isso proporciona outro ganho para o dia a dia do empreendedor, que, graças à integração, não precisará ficar redigitando dados.
  3. Sincronização de Estoque e Preços
    Ao ativar a sincronização do estoque e dos preços de produtos, o empreendedor ganha tempo, além de evitar problemas que poderiam surgir a partir de dados divergentes.

O que o Bling pode fazer por você?

O Bling é um sistema de gestão empresarial (ERP) para micro e pequenas empresas. São diversas ferramentas que possibilitam o controle total sobre as vendas, finanças, estoque, produtos, clientes, pedidos, comissões de vendedores e muito mais.

O sistema permite ainda a emissão de notas fiscais eletrônicas, a geração de boletos bancários e de cobranças e de propostas comerciais. Além disso, é integrado com SIGEP Web dos correios e com as maiores plataformas de e-commerce do país.

Tudo isso em uma plataforma 100% online, que pode ser acessada de qualquer lugar. 

Se ainda não é cliente Bling, faça um teste grátis por 30 dias e confira na prática os benefícios de utilizar um sistema de gestão ERP que trabalha em favor do seu negócio.