A tecnologia veio para auxiliar o trabalho de quem vende no comércio, seja no varejo digital ou físico. Cada vez mais é preciso automatizar os processos de venda para manter a organização do negócio ao mesmo tempo que expande a operação.

O sistema de gestão ERP é uma ferramenta que auxilia muitos os diferentes tipos de varejo, e é sobre isso que vamos tratar neste artigo, quando e porquê optar por um ERP na gestão do seu negócio de varejo, seja online, híbrido ou físico. Continue a leitura para entender. 

O que é ERP?

ERP é a sigla para o termo Enterprise Resource Planning, que é um sistema de gestão para o negócio, oferecendo acessibilidade para gerir os dados de uma empresa de uma maneira mais integrada e confiável.

A partir dos dados que são armazenados pelo software, são feitos diversos diagnósticos aprofundados a respeito das medidas que seriam necessárias para aumentar a produtividade e reduzir os gastos. Com a integração que proporciona, diferentes setores de uma mesma empresa podem se comunicar de forma objetiva. 

Por que ERP para varejo?

O varejo tem por definição a venda de produtos e serviços ao consumidor final, e o ERP é uma ferramenta que pode auxiliar nesse processo de integração de vendas entre a loja virtual, marketplace ou rede social. 

Ou seja, o ERP para varejo é aquele utilizado com o intuito de mediar uma operação comercial, seja no comércio online ou físico. O ERP para varejo contribui para as operações do dia a dia e auxiliam o lojista no processo de oferecer uma melhor experiência ao cliente final. 

Quais ERP existem para varejo?

Quando o lojista está prestes a contratar uma ferramenta de gestão, no caso um ERP para auxiliar na gestão do negócio, ele passa a pesquisar as ferramentas que melhor se encaixam dentro da sua necessidade, do seu nicho de mercado e principalmente os canais de venda

Ou seja, existem ERPs mais direcionados para quem trabalha diretamente no varejo de loja física e outros mais adequados para quem trabalha no e-commerce. Uma vantagem importante da ferramenta é a integração de PDV

Atualmente as ferramentas de gestão estão bastante desenvolvidas, como é o caso do Bling, e atuam nas suas frentes de varejo, mas é importante entender que existem ERPs direcionados. 

O ERP para varejo auxilia na mensuração de vendas, estoque, contas a pagar e a receber, gestão de tributos e logística de entrega. Também são importantes para emissão de documentos como notas fiscais e boletos, fatores que facilitam a experiência de compra do cliente.

No varejo físico, funções como PDV e frente de caixa são importantes aliados, assim como no e-commerce, as integrações aos canais de venda é que agem como facilitadores do negócio. 

Os tipos de ERP

Existem diferentes tipos de ERPs no mercado e esses podem apresentar ferramentas que impactam diretamente no dia a dia do lojista, por isso é fundamental fazer um teste grátis antes de contratar qualquer ferramenta, assim é possível entender na prática como funciona o ERP. 

  • ERP gratuito: verão gratuita para que os clientes possam fazer um teste da ferramenta em uso;
  • ERP para e-commerce: Mais direcionado para negócios online;
  • ERP para tamanhos diferentes de negócios: assim como existem ferramentas mais adequadas para micro e pequenas empresas, também existem ferramentas para empresas de tamanho médio e grande;
  • ERP para determinadas áreas de atuação: existem ferramentas para negócios específicos, como restaurantes, hospitais, escritórios de contabilidade, etc. Por isso, é imprescindível entender o tipo de negócio no momento de indicar ou contratar um ERP. 

Vantagens do ERP para varejo

O ERP para varejo, quando direcionado ao seu tipo de público (físico, online ou híbrido) é um aliado na gestão do negócio como um todo.

Quando se utiliza um ERP para varejo, outras vantagens são importantes: 

  • Agilidade na comunicação entre os setores;
  • Integrações aos canais de venda;
  • Integrações logísticas;
  • Redução de custos e otimização de tempo. 

Qual o melhor ERP para o meu varejo?

O melhor ERP para o seu varejo é o que se encaixa dentro da sua proposta de negócio, dependendo do ramo de atuação e localização da empresa. Mas a dica a seguir é contar com um ERP online e com armazenamento em nuvem para manter o seu negócio conectado e garantir acesso de qualquer lugar. 

Conclusão 

Utilizar um ERP é uma certeza para quem trabalha com varejo, já que a integração de vendas é uma facilidade importante para o lojista e também para o cliente. Com menos tarefas operacionais, o gestor ganha mais tempo para estruturar campanhas de venda e deixar o ERP sincronizar as informações de gestão.