As lojas virtuais são uma febre mundial. É cada vez maior o número de empreendedores em busca de informações sobre como abrir um e-commerce e sobre quais ferramentas inovadoras, como a contabilidade online, estão disponíveis nesse mercado em crescimento.

No post de hoje, vamos dar dicas sobre todos os passos que você precisa conhecer para abrir um e-commerce de sucesso. Confira!

1. Estude como abrir um e-commerce

Antes de começar qualquer negócio, seja ele digital ou físico, é imprescindível estudar seu funcionamento, os processos que precisam ser seguidos, as obrigações legais e burocráticas e os cases de sucesso.

Os principais pontos que precisam ser levados em conta antes de abrir um negócio virtual são:

Contratação de um bom provedor

Qualquer loja virtual permanece em funcionamento 24 horas por dia, sete dias por semana, faça chuva ou faça sol, independente de feriados. Por isso, o empreendedor deve ter em mente que a contratação do provedor é um ponto essencial na estratégia geral de seu negócio.

Não é inteligente economizar quando o assunto é provedor, pois um site fora do ar fará você perder clientes.

Definição a respeito das formas de pagamento

Outro fator importante, que deve ser definido antes do lançamento de seu e-commerce, diz respeito às formas de pagamento. Você deve optar por um conjunto de formas de pagamento rápido, seguro e que satisfaça a necessidade de seu público.

Além do cartão de crédito, avalie a possibilidade de aceitar pagamento via cartão de débito, boleto e até mesmo transferência bancária.

Como abrir um e-commerce

Organização da logística da loja

A logística é um dos fatores mais importantes na organização de um e-commerce, uma vez que o produto precisa chegar ao cliente dentro do prazo e nas condições em que foi adquirido. Isso, inclusive, deve ser levado em conta na hora de selecionar que tipo de produtos você vai colocar à venda. Os Correios, por exemplo, estabelecem um limite de peso e medidas de pacotes que podem ser despachados.

Investir na logística é imprescindível para garantir a satisfação de seu cliente. Por isso voltaremos a falar sobre esse tópico mais adiante.

Investimento em um atendimento eficiente

O atendimento em um e-commerce deve ser ágil e eficiente, já que ele faz toda diferença no processo de decisão de compra do consumidor. O gestor precisa garantir o treinamento da equipe de profissionais responsáveis por esse departamento, a fim de garantir um atendimento eficiente de pré venda e pós venda.

2. Trace seus objetivos

Após avaliar as características e especificidades de um e-commerce, fica mais fácil definir se esse modelo de negócio atende ao seu perfil empreendedor e se está de acordo com aquilo que você planeja para o seu futuro profissional.

Se você realmente quer iniciar uma loja virtual, é hora de traçar os seus objetivos de trabalho. Elabore uma lista e responda questões fundamentais, tais como:

  • Qual é seu objetivo a curto, médio e longo prazo?
  • Quais são suas principais características como profissional?
  • Quais são as ferramentas que você tem, atualmente, para tirar o seu negócio do papel?
  • Quais são as ferramentas que você precisa buscar antes de abrir o seu e-commerce?
  • Você tem um plano de emergência, caso o seu e-commerce não traga resultados a médio prazo?
  • Que tipo de negócio se adapta melhor ao seu perfil?
  • Qual a sua perspectiva profissional em um e-commerce?

Esse questionário pode ser adaptado e você deve incluir todos os aspectos relevantes a serem avaliados antes de abrir o negócio. Essas informações são fundamentais para que você conheça a si mesmo e tenha mais clareza sobre os objetivos que pretende alcançar.

Como abrir um e-commerce

3. Defina o seu nicho

Com os objetivos traçados, o próximo passo é definir qual será o seu nicho de atuação. Antes de investir, é importante avaliar se o nicho escolhido é realmente vantajoso e oferece possibilidades de sucesso para o empreendimento.

Uma dica é buscar um nicho específico e que não tenha tanta concorrência. Quando já existem grandes empresas estabelecidas no segmento, fica mais complicado competir por uma fatia maior de mercado.

4. Conheça o mercado

O ambiente de e-commerce é muito competitivo. Você deve conhecer o mercado, estudar tanto os cases de sucesso quanto os motivos que levaram algumas empresas ao fracasso. Avaliar a experiência de outras empresas é uma maneira eficiente de poupar tempo e dinheiro na hora de enfrentar as dificuldades.

O mercado de vendas online, um  e-commerce, exige organização, planejamento, trabalho pesado, responsabilidade, logística, atendimento eficiente e agilidade.

5. Entenda o seu cliente

Outro passo importante antes de abrir um e-commerce é entender o seu público. Pesquise as necessidades de seu cliente, para melhor atendê-lo.

Manter um diálogo aberto com os consumidores deve ser uma regra e deve permear toda a gestão do seu negócio online.

Ofereça espaços para o cliente comentar, sugerir e tirar dúvidas. Envie e-mails no pós venda e peça um feedback do serviço e do atendimento. Mas, principalmente, esteja disposto a ouvir o que o consumidor tem a dizer.

Você está fisicamente distante de seu cliente, no caso de uma loja virtual. Busque maneiras de compensar isso, implemente um bom sistema de comunicação e se faça presente durante toda experiência de compra e pós-vendas.

Como abrir um e-commerce

6. Tenha um objetivo claro

Estabeleça um objetivo e caminhe em direção a ele. Para dar certo, uma loja virtual precisa ter uma proposta clara. Ao chegar em seu site, o consumidor deve saber imediatamente que tipo de produto ou serviço você oferece.

Muitos e-commerces pecam pela falta de objetividade na entrega da informação ao cliente. Não faça parte deste rol. Seja claro, objetivo e ofereça o produto que o seu cliente está buscando ao acessar a sua loja virtual.

7. Conte com o apoio de especialistas

Abrir uma empresa, seja ela física ou virtual, exige que o empreendedor siga uma série de regras relacionadas à legislação, tributação e tecnologia, entre outras. Por isso, conte com o apoio de assessorias especializadas e parceiros que possam auxiliar no processo de abertura do seu negócio.

A contabilidade online, por exemplo, é um serviço altamente eficiente e que vem sendo cada dia mais procurado por profissionais que buscam praticidade e resultados.

8. Invista na logística

Como já mencionamos, um dos grandes desafios para o empreendedor que vai abrir um e-commerce é a logística do negócio.

Para oferecer um serviço de qualidade você deve ter uma logística impecável. Os prazos de entrega devem ser cumpridos fielmente de acordo com o que foi combinado com cliente. Para isso, você deve prever situações envolvendo greves dos Correios, feriados nacionais e locais e manter seu cliente sempre muito bem informado.

A satisfação e o atendimento das necessidades do consumidor são o principal objetivo de um e-commerce. Planeje, organize, invista tempo e conhecimento e abra um negócio que realmente faça a diferença para o mercado.

Gostou deste artigo? Compartilhe conosco sua opinião, comentários ou dúvidas sobre como abrir um e-commerce. Conte-nos sua experiência e ajude outros empreendedores que planejam investir no mercado online.

Leia também:
– ERP online: as vantagens para sua empresa
– Pequenos empresários economizam com sistema de gestão
– Case de sucesso: como o Bling auxilia a loja virtual Zona Cerealista

Categorias: E-commerce

Posts Relacionados

Deixe um comentário